Legislativo de Blumenau mais transparente

A Câmara Municipal de Blumenau vai criar um comitê gestor de transparência, atendendo um requerimento do vereador Sylvio Zimmermann (PSDB), também líder do governo. O comitê terá a finalidade de planejar, coordenar e fiscalizar as ações desenvolvidas no Legislativo para cumprir a Lei Federal de Acesso à Informação.

Sylvio coordenará os trabalhos deste Comitê, que contará também com o procurador geral da Casa, Anselmo Lessa e mais três servidores, com a a supervisão do presidente Marcos da Rosa (DEM). A ideia é ter uma reunião por mês, sem ônus para o parlamento.

Em maio, o Legislativo sediará um evento de capacitação popular com base na Lei Municipal de Acesso à Informação, aprovada em 2016. A responsabilidade será do Observatório Social, em parceria com a Comissão de Moralidade Pública da OAB Blumenau, com o apoio da Câmara. “Quanto mais transparente a gestão pública, menos desconfiança e mais credibilidade”, afirmou o presidente Marcos da Rosa, depois da reunião com os representantes do Osblu e da OAB.

Falou tudo o o presidente. Quanto mais claro, menos desconfiança. E é preciso facilitar o acesso de pessoas comuns a essas informações de interesse público.

Antes de encerrar o mandato como presidente, Mário Hildebrandt (PSB) falou da possibilidade de abrir as despesas por gabinetes dos vereadores. Seria uma baita iniciativa, para saber o que e como gastam nossos parlamentares.

1 Comentário

  1. Comecem explicando porque votaram em caráter de urgência o projeto de reforma adm da Prefeitura…

Deixe uma resposta