Justiça Eleitoral divulga carta a Nação Brasileira

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, e os presidentes dos tribunais regionais eleitorais (TREs) divulgaram a “Carta à Nação Brasileira”, documento em que reafirmam a total integridade e confiabilidade das urnas eletrônicas e do modelo brasileiro de votação e apuração das eleições. A carta enfatiza a integridade e segurança da urna eletrônica brasileira e ressalta que o processo de votação é perfeitamente auditável.

O documento refuta a possibilidade de a urna eletrônica completar automaticamente o voto do eleitor e destaca ainda que a Justiça Eleitoral realiza, rotineiramente, testes e auditorias públicas que comprovam e asseguram a transparência e absoluta confiabilidade do voto eletrônico.

Na conclusão, a “Carta à Nação Brasileira” conclama a sociedade a atuar em favor da manutenção do Estado Democrático de Direito, “multiplicando esforços para garantir a manutenção dos direitos duramente conquistados que asseguram a concretização do processo eleitoral transparente, seguro, justo e democrático”, com respeito às instituições, dentre as quais a Justiça Eleitoral, responsável por assegurar a legitimidade do processo eleitoral brasileiro.

O documento completo você lê aqui.

2 Comentário

  1. Que patifaria. Você confia em algo pq se autointitula confiável ou porque isso conquistou sua confiança? Então…

Deixe uma resposta