Comitiva de Blumenau formaliza pedido de delegacia da PF para diretor geral em Brasília

O pedido oficial pela implantação de uma delegacia da Polícia Federal e um posto de emissão de passaporte em Blumenau chegou a Brasília nesta quarta-feira, dia 19. Mario Hildebrandt, prefeito de Blumenau, Avelino Lombardi, presidente da Acib, e Joel dos Santos Toledo Júnior, chefe de gabinete do vereador Sylvio Zimmermann, estiveram com o diretor Geral Maurício Leite Valeixo e o diretor de Administração e Logística Pessoal, Roberval Ré Vicalvi. A reunião foi intermediada pelo deputado federal e presidente do Fórum Parlamentar Catarinense, Rogério Peninha Mendonça, que também esteve presente no encontro.

O estudo realizado pela Comissão de Implantação para a Delegacia da Polícia Federal, coordenada pelo vereador Sylvio Zimmermann (que não pode ir a Brasília por motivos de saúde), foi entregue ao delegado, que elogiou os dados apresentados. “São estes os pontos que levamos em conta quando estudamos locais para implantação de novas delegacias”, afirmou Valeixo.

Segundo o diretor, o grande problema para uma implantação imediata ou breve é de recursos humanos. Por isso, ele não conseguiu dar um prazo para que Blumenau receba uma delegacia. “Ele (o diretor) foi muito solicito em nos atender e receber os dados que levantamos no estudo. Entendeu nossa situação e foi muito claro em apresentar as dificuldades da PF”, contou Toledo.

Recentemente, o deputado estadual Ricardo Alba disse que Blumenau teria uma delegacia em 2020, depois de encontro com governador e com o o superintendente da PF em SC, lembre aqui.

O estudo entregue ao delegado nesta quarta apresenta dados relevantes e mostram a necessidade de uma delegacia na nossa região. Várias entidades empresariais, associações de municípios e órgãos da sociedade civil de toda a região demonstraram apoio. Os dados apontam que o Médio Vale do Itajaí precisa de toda a estrutura da PF na região, para reforçar a segurança pública e deixar os serviços mais próximos da comunidade.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta