“Governador nos deve algumas coisas”, diz presidente da ACIB

Na próxima quinta-feira, 19, o governador Raimundo Colombo (PSD) receberá uma comitiva de blumenauenses, liderada pelas entidades empresariais da cidade, com o apoio das políticas, entre elas o prefeito Napoleão Bernardes (PSDB).  A informação é do presidente da Associação Empresarial de Blumenau, Carlos Tavares D’Amaral. Além da ACIB, CDL, AMPE, Codeic e a Intersindical patronal estarão representadas, além dos deputados e secretários de estado vinculados  com a cidade. carlos tavares d amaral 2

“Temos 30% do PIB catarinense e 30% do eleitorado de Santa Catarina, ele precisa nos ouvir”, afirmou Carlos D”Amaral, destacando que o governador tem dívidas com Blumenau.

Segundo o empresário, serão cobradas obras de infra-estrutura, como acessos e a recuperação da malha viária. Além disso, outro pedido serão verbas estaduais para ações da Prefeitura.

A (in)segurança pública será uma cobrança forte, principalmente no que diz respeito ao efetivo das polícias militar e civil. A intenção das lideranças é que os 60 novos PMs que farão curso em Blumenau fiquem por aqui depois de formados. Além disso, na seleção de novos policiais civis anunciadas pelo Governo,  haverá a reivindicação da vinda  de vários para a cidade, em decorrência do esvaziamento do efetivo local.

Tomara mesmo que estas lideranças façam estas cobranças em um tom mais elevado. Raimundo Colombo tem forte apoio delas e do eleitorado blumenauense e deve valorizar. Mas como a cobrança era meio tímida, coisa quase de compadre, Blumenau ficou sempre para trás.

 

4 Comentário

  1. Óbvio isso, não temos deputados que nos representem e que cobrem alguma coisa do governador.

  2. Na politica de nada adianta exigir mas continuar apoiando. Enquanto tiver apoio, continuará a ignorar. No literário carioca isso é conhecido como mulher de malandro.

  3. Parabéns a iniciativa, todos os empresários da região deveriam participar e cobrar não somente nesta reunião, mas dando uma continuidade a essa cobrança.

Deixe uma resposta