Facebook pode ocultar contagem de likes em breve

Foto: reprodução Google

A decisão de esconder o número de likes do Instagram no Brasil e outros países deixou muitos influenciadores digitais em pânico, mas talvez esse seja só o começo: em breve, o Facebook também poderá ocultar a contagem de curtidas em seu feed de notícias.

Mais uma vez, a descoberta foi feita por Jane Manchun Wong, desenvolvedora que é conhecida por antecipar novidades de várias redes sociais. Ela liberou capturas de tela de uma versão experimental do app do Facebook para Android que mostram dizeres como “Fulana e outros” curtiram determinada postagem, mas sem que a quantidade de likes seja informada.

Procurado pelo TechCrunch, o Facebook confirmou que considera testar a remoção da contagem de curtidas, mas não deu detalhes sobre esse plano. É provável, no entanto, que a decisão tenha como base a ocultação da quantidade de likes no Instagram que está em vigor em países como Canadá, Austrália, Japão e, como você já sabe, Brasil.

Quando os testes no Instagram começaram, o Facebook argumentou que a mudança visa fazer o usuário deixar de se preocupar com a quantidade de likes e se focar apenas em publicar seu conteúdo.

Mas é possível que essa também seja uma forma de aumentar o engajamento: muitos usuários apagam postagens quando recebem poucos comentários ou likes e, não raramente, diminuem o ritmo de publicações por conta disso; com a ocultação do número de curtidas, esses usuários podem se sentir mais motivados para postar.

O Facebook também sofre desse “desengajamento”. Entre os vários motivos que levam usuários a deixarem de publicar na rede social está a impressão de que, por receber poucos likes, seu conteúdo não é interessante. Um teste do tipo faria sentido aqui, portanto.

Se a companhia decidir levar o plano adiante, deve seguir o exemplo do Instagram e iniciar os testes em apenas alguns países. Quais deles? Esse é um dos vários detalhes que continuam sob sigilo.

Vale relembrar que o YouTube tomou uma decisão parecida: a partir deste mês, o serviço deixará de exibir o número exato de inscritos nos canais. A medida visa diminuir a pressão por números sobre os produtores de conteúdo.

Fonte: Tecnoblog

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta