ENAPA Blumenau chega ao fim e coloca Blumenau no mapa nacional da Adoção

Foto: Karol Bonin

Ao realizar o 24º Encontro Nacional dos Grupos de Adoção, Blumenau ganha e dá visibilidade quando o tema é adoção. Realizado pelo GEAAB, Grupo de Apoio a Adoção de Blumenau, em parceria com a Prefeitura, o evento reuniu durante três dias no Parque Vila Germânica, pessoas de diversas partes do Brasil estão.

Nas mesas redondas e painéis, temas importantes, como família extensa, visibilidade de crianças em abrigos, traumas decorrentes do abandono, rede de apoio à famílias adotantes, etc, por pessoas que militam na área: juízes, promotores públicos, advogados, terapeutas, assistentes sociais e outros profissionais que trabalham no assunto.

Senti falta de mais pessoas do Poder Judiciário e do Ministério Público de Santa Catarina nas palestras e não apenas na protocolar cerimônia de abertura. Eles são os agentes públicos que deveriam ouvir muitas das coisas que foram faladas.

A realidade da adoção no Brasil é muito diferente do que as propagandas de “margarina” querem passar. Os abrigos estão lotados de crianças que não são adotadas por terem irmãos, por serem mais velhas, por terem algum problema de saúde e pasmem, até por conta da cor da pele.

Enquanto estas crianças permanecerem lá, serão precisos muitos espaços como o ENAPA para dar visibilidade a este tema.

O ENAPA Blumenau acabou. Em 2020, será a vez de Sergipe sediar o encontro.

Fica a reflexão e o aprendizado.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta