CPI da “Vaza Jato”, suspensão do decreto de armas na CCJ do Senado e Onyx na CCJ da Câmara

CPI da “Vaza Jato”

O Senado ouvirá o ministro Sergio Moro sobre as mensagens trocadas com procuradores da Lava Jato no dia 19 de junho. Diferente disso, a Câmara vai “dar um tempo” e apostar no aumento do desgaste. Em decisão conjunta, seis partidos das esquerda coletam assinaturas para uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) ou CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito).

Com informações do UOL

Suspensão do decreto das armas

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado se reúne nesta quarta-feira (12) para decidir se aprova um parecer favorável à suspensão do decreto do presidente Jair Bolsonaro que alterou as regras de uso de armas e de munições, facilitando o porte.

Aliados de Bolsonaro dizem que o cenário na comissão é negativo e que Bolsonaro pode ser derrotado. Se for derrubado, o texto ainda terá de ser analisado pelo plenário da Casa.

Onyx na CCJ da Câmara

Em pauta na CCJ da Câmara um audiência com o Onyx Lorenzoni, para que ele esclareça o decreto das armas. O ministro disse que não iria à audiência. A comissão manteve a convocação e caso Lorenzoni não apareça, poderá responder por crime de responsabilidade.

Com informações do G1

Resumo do Brasil: oposição colhe assinaturas para a CPI da “Vaza Jato”, Senado decide hoje suspensão do decreto das armas e Onyx na CCJ da Câmara.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta