Contagem regressiva para vinda de Carlos Moisés a Blumenau. O que ele vai anunciar?

Foto: divulgação

Há cerca de duas semanas, em reunião com os prefeitos da AMMVI, o governador Carlos Moisés (PSL) anunciou que viria a Blumenau ainda em setembro, para liberar recursos para obras e ações.

Faltando 14 dias para o fim do mês, tanto a data quanto os valores e as áreas que receberão investimentos são guardadas a sete chaves.

Na última sexta-feira, Carlos Moisés esteve no Sul do Estado, anunciando ações em três cidades, com R$ 40 milhões de investimentos.

Ele assinou a licitação para a revitalização da Rodovia Jorge Lacerda, em Criciúma, orçada em R$ 22,5 milhões e garantiu R$ 8 milhões para a construção do Centro de Inovação da cidade. Também foram beneficiadas as cidades de Jaguaruna e Nova Veneza.

Moisés já fez o mesmo com outras regiões, o que tem provocado reclamações das lideranças de Blumenau e do Vale. Depois de muito berreiro, anunciou que viria aqui ainda em setembro.

Qual demanda irá atacar? Será ação nova ou tocar o que está parado ou se arrasta?

Tem o primeiro trecho da SC 108 e a conclusão da escola da Itoupavazinha entre as pendências que parecem mais de gestão do que financeira. Tem a revitalização da rodovia Jorge Lacerda que pode ser acelerada.

Mas tem também alguns compromissos já firmados e só nas palavras. Centro de Convenções, Margem Esquerda do Centro, finalização do Complexo Penitenciário com a construção do presídio e regime semi aberto.

Carlos Moisés prometeu, há duas semanas, 60 policiais militares do atual concurso.

E destinou cerca de R$ 1,1 milhão por ano para o Hospital Santa Isabel e aumentou – pouco – a verba para o Santo Antônio, recursos do Fundo que viraram lei por conta da Assembleia Legislativa. Existe a esperança que o governador possa anunciar uma ampliação nos repasses e também uma solução para a dívida que o Estado tem com estas instituições.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta