Com baixa adesão, Blumenau reforça o chamamento para o Dia D contra o Sarampo neste sábado

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom SC

Desde o dia 7, quando da intensificação da imunização na cidade, apenas 736 crianças estiveram nas unidades de saúde de Blumenau e receberam a dose da vacina, o que representa 10% da meta. “Estamos conclamando os pais que levem seus filhos para vacinar. O Brasil já foi considerado o país que eliminou a circulação do vírus do sarampo, mas ele agora está de volta, e pode ser fatal. A vacina é a melhor forma de prevenir e proteger toda a população”, frisou o secretário municipal de Promoção da Saúde, Winnetou Krambeck.

De acordo com números da Diretoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (Dive), Blumenau precisa vacinar pouco mais de 7,3 mil crianças nesta faixa etária.

Neste sábado, dia 19, a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus), vai estar com 47 salas de vacina abertas das 8h às 17h, no Dia D de Mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, do Ministério da Saúde (MS). É importante que os pais tenham em mãos documento de identificação e caderneta de vacinação.

Neste dia e até o término da primeira etapa da campanha, deverão receber a dose da vacina crianças não vacinadas, maiores de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). A intensificação para o público infantil segue até o dia 25 de outubro.

Desde a última semana, as salas de vacinação dos sete ambulatórios gerais estão trabalhando com horário estendido até as 20h, para ampliar a possibilidade de que todos sejam vacinados e fiquem protegidos do sarampo. Em Blumenau não há notificações da doença em 2019, e o último caso adquirido no município foi registrado em 1997.

A Vigilância Epidemiológica de Blumenau já recebeu mais de cinco mil doses da vacina para a campanha e outras quatro mil chegam ainda esta semana. Desde o início do ano já foram aplicadas, na população em geral, mais de 19,2 mil doses da tríplice viral, vacina que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola.

No mês de novembro, entre os dias 18 e 30, será a vez de adultos jovens não vacinados, na faixa etária de 20 a 29 anos, receberem a vacina. O dia D de mobilização nacional será em 30 de novembro e este grupo fará parte da campanha devido ao número expressivo de casos confirmados nessa faixa etária, segundo informações do MS.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta