Blumenau segue bem no combate ao Coronavírus

A cidade, como todo, tem agido bem nos últimos 10 dias, quando o tema coronavírus passou a fazer parte da pauta do dia a dia da população e a partir do dia 19 de forma mais efetiva, com o decreto com as medidas restritivas.

Existem muitos corneteiros nas redes sociais, mas pela dimensão e o desconhecido do que representa este vírus, todos estamos ido bem. Cidadãos, trabalhadores, empresários, autônomos, imprensa e as autoridades tentam se adequar às novidades e demandas diárias e as recomendações em vigor.

E cabe a Prefeitura a fazer o principal trabalho.

Rapidamente se adaptou ao decreto do Governo do Estado, montou uma boa estrutura de comunicação, com boletins diários, criou dois centros de referência, articulou com os hospitais planos de emergência e, principalmente, decidiu contratar exames de laboratórios particular para casos realmente suspeitos.

Dos 15 casos positivos confirmados nesta quinta-feira, 26, apenas dois são “oficiais”,com carimbo do Governo do Estado. Isso faz com a Prefeitura consiga ter agilidade no atendimento e na prevenção de outros casos.

Dos 15 casos confirmados, 14 estão em casa e um na UTI.

Pode se fazer a cobrança sobre a falta de medidas paliativas para minimizar os impactos econômicos, mas aqui cabem dois olhares. A limitação da Prefeitura na questão tributária e a prioridade em preservar vidas.

Depois da primeira semana e potencializado pela fala do Presidente da República e de empresários importantes, a pressão pela retomada das atividades foi o um dos pontos centrais da fala do prefeito Mário Hildebrandt nesta quinta-feira a noite, transmitida pelas redes sociais.

“Está absolutamente claro para mim e para todos os prefeitos do Brasil a necessidade de retomada econômica…”, disse, lembrando que a Prefeitura segue o decreto do Governo do Estado que diz o que pode ou não pode de atividade nestes tempos de coronavírus.

Falou que vai analisar a nova sinalização do governador Carlos Moisés, de começar uma liberação gradual de atividades a partir de segunda-feira e estudar, junto as principais entidades empresariais da cidade – com quais se reúne nesta sexta-feira – qual o melhor modelo para Blumenau. Promete criar uma agenda para retomada do desenvolvimento econômico para a cidade.

“Sem esquecer do cuidado e proteção das pessoas….”, fez questão de dizer o prefeito.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta