Aumento do desmatamento na Amazônia Legal, pressão por vetos no projeto de abuso de autoridade, Frota no PSDB e PRB muda de nome

Foto: AFP

Aumenta desmatamento na Amazônia

Um relatório publicado hoje, 16, pelo instituto de pesquisa Imazon, revela que o desmatamento na Amazônia Legal cresceu 66% no mês de julho deste ano em relação ao mesmo mês em 2018. Os números também mostram um aumento de 15% entre agosto de 2018 e julho de 2019.

Segundo a publicação, foram desmatados 5.054 km² da Amazônia Legal no período de um ano. Só em julho de 2019, o desmatamento somou 1.287 km², 66% a mais em comparação com os 777 km² de julho de 2018. Os casos ocorreram no Pará (36%), Amazonas (20%), Rondônia (15%), Acre (15%), Mato Grosso (12%) e Roraima (2%).

Nesta quinta-feira, 15, o Ministério de Clima e Meio Ambiente da Noruega informou que o país suspendeu um repasse de verbas que apoiava medidas para conter o desmatamento no Brasil. A decisão aconteceu após o governo do presidente Bolsonaro bloquear as operações do Fundo Amazônia que recebia o auxílio.

Com informações: UOL e Terra

Abuso de autoridade

Foi aprovado na Câmara dos Deputados, o projeto sobre abuso de autoridade, que endurece punição a juízes e procuradores.  Mas a aprovação gerou uma reação de parlamentares, entidades de classe e até do ministro da Justiça Sergio Moro, que agora pressionam o presidente Bolsonaro a vetar trechos do texto.

Com informações: Estadão

Frota no PSDB

Segundo a coluna da Mônica Bergamo, após uma reunião na noite desta quinta-feira, 15, o deputado federal Alexandre Frota que foi expulso do PSL, por críticas ao clã Bolsonaro, acertou sua ida ao PSDB.

O anúncio será feito nesta sexta-feira, 16, com as presenças do governador de São Paulo, João Dória, do presidente nacional do partido, Bruno Araújo, e do líder da bancada na Câmara, Carlos Sampaio.

Mudança de nome

O ministro Jorge Mussi, do TSE, decidiu nesta quinta-feira, 15, a favor da mudança de nome do Partido Republicano Brasileiro (PRB) para Republicanos.

A sigla tenta se consolidar como um partido conservador nos costumes e liberal na economia. Chegou a ter uma pré-candidatura à Presidência em 2018, com Flávio Rocha, que não vingou.

A sigla é ligada à Igreja Universal do Reino de Deus.

Resumo do Brasil: aumento do desmatamento na Amazônia Legal, pressão por vetos no projeto de abuso de autoridade, Frota no PSDB e PRB muda de nome.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta