Atividades simulam situação de desastre neste sábado em Blumenau

Foto: Eraldo Schnaider

Uma ação conjunta planejada pelo Grupo de Ações Coordenadas (Grac) dará a dimensão de um cenário real de desastre neste sábado, 06, em Blumenau. As atividades serão realizadas no bairro Progresso, na região conhecida como Nova Rússia. A ideia é simular uma situação de crise, com atendimento de ocorrências simultâneas, além da necessidade de deslocamento e ativação de abrigos com uma reprodução de pequena proporção de situações já vivenciadas na cidade.

Cerca de 170 pessoas participam do grupo de apoio às atividades, que contam com a organização da Secretaria Municipal de Defesa do Cidadão (Sedeci), em parceria com o 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, 23º Batalhão de Infantaria (23º BI), 10º Batalhão de Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Samu. Inclui ainda a participação da Secretaria de Desenvolvimento Social, Secretaria de Conservação e Manutenção Urbana, Secretaria de Promoção da Saúde e Serviço Autônomo Municipal de Trânsito e Transportes de Blumenau.

Roteiro

As atividades, que serão dívidas em cinco ocorrências, iniciam oficialmente às 7h30min da manhã com reunião do Grupo de Ações Coordenadas, o Grac, no EFF José Vieira Corte, no Progresso. Antes disso, a comunidade já terá recebido avisos metereológicos por meio do AlertaBlu, indicando chuva persistente, com média de 80 mm para sexta-feira, 05 e sábado, 06.

O Grac também receberá a informação de que entre os dias 04 junho a 04 de julho a estação pluviométrica da região da Nova Rússia, no bairro Progresso, registrou um acumulado de 300mm de chuvas, sendo que a média mensal de junho é de 91mm.

Em seguida, às 8h, a comunidade do entorno da Nova Rússia recebe, por meio do aplicativo AlertaBlu, o aviso de risco e a orientação para que sigam ao abrigo mais próximo, no caso a unidade escolar José Vieira Corte. No local, os moradores serão recepcionados pelos voluntários do abrigo, preenchendo o cadastro social e participando de atividades de orientação relacionadas à saúde, trânsito e lazer.

O Simulado segue com uma ocorrência de deslizamento de grande magnitude na Rua Santa Maria, onde ficava o Rancho do Willy (Ocorrência 1). No local, serão identificadas três vítimas, duas em óbito e uma gravemente ferida que precisará ser removida para atendimento médico. Outro deslizamento deve ser simulado na Rua Olga Pffifer, nº 213, em um endereço próximo à Associação de Moradores (Ocorrência 2), desta vez sem vítimas.

A ocorrência seguinte envolve o setor de geologia, com um alerta para que os trabalhos concentrados na ocorrência 1 sejam suspensos devido à possibilidade de rompimento de uma barragem natural formada no Ribeirão Garcia. De fato, o rompimento hipotético ocorre, arrastando uma das vítimas da ocorrência 01 junto ao fluxo de detritos e enxurrada (Ocorrências 3 e 4).

Na última simulação um veículo é arrastado pela enxurrada para dentro do Ribeirão Garcia, no trecho próximo a ponte da Rua Alfredo Pffifer, tendo três vítimas com necessidade de resgate. (Ocorrência 5). As atividades encerram com uma reunião com a comunidade abrigada, às 11h, seguida de uma nova reunião de balanço do Grac, às 11h30min.

Julho Laranja

As atividades do Simulado integram a programação do Julho Laranja, o mês voltado à prevenção de desastres naturais, que compõe o Calendário Oficial de Eventos do município. Durante todo o mês, a Secretaria de Defesa do Cidadão coordena atividades que visam conscientizar e orientar a população sobre a importância de prevenção e meios de ação em casos de desastres e catástrofes naturais. Confira a programação completa aqui.

Fonte: Secretaria de Comunicação PMB

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta