A proximidade de Mário Hildebrandt e Marcelo Lanzarin

Foto: Facebook pessoal/arquivo

São algumas coincidências que aproximam o prefeito Mário Hildebrandt (sem partido) e o prefeito interino, Marcelo Lanzarin (MDB).

Os dois ganharam visibilidade na política quando foram secretários municipais na gestão de João Paulo Kleinubing (DEM). Elegeram-se vereadores e passaram (passam) pela presidência da Câmara.

No final de 2015, o então presidente da Câmara de Blumenau Mário Hildebrandt deixou o forte PSD para o inexpressivo PSB. Em 2016, parou de vice na chapa de Napoleão Bernardes (PSD, na época PSDB), foram vitoriosos e um ano e três meses depois assumiu a Prefeitura de Blumenau.

Marcelo Lanzarin elegeu-se no MDB, mas certamente não ficará na sigla, esperando a janela para troca de partidos que acontece em março. Pode ser uma surpresa no cenário eleitoral, como eventual candidato a vice numa dobradinha com Hildebrandt, no que seria mais uma coincidência.

Mas, neste caso, o fiador de Lanzarin precisa ser a sigla para qual ele vá.

A transmissão de cargo desta terça-feira, 7, no Salão Nobre da Prefeitura sugere uma aproximação importante, mas o quadro de alianças eleitorais está absolutamente aberto na cidade.

1 Comentário

Deixe uma resposta