Pedágio de Bombinhas tem reajuste no 1º dia de 2019

Foto: Prefeitura Bombinhas

O  pedágio, ou a taxa de preservação ambiental de Bombinhas como prefere a Prefeitura de lá, terá reajuste de 4% a partir de terça-feira, dia 1º de janeiro de 2019.

Como o local é destino de muitos blumenauenses e moradores do Vale do Itajaí, é bom ficar atento aos novos preços.

– Moto : R$ 3,00

– Veículos de pequeno porte: R$ 27,50

– Camionete: R$ 41,50

– Van/microônibus : R$ 55,00

– Caminhão: R$ 83,00

– Ônibus: R$ 138,00

São várias as formas de pagamento e você pode saber mais acessando aqui.

A cobrança é revestida de polêmica. O dinheiro arrecadado, em tese, é revertido para obras de saneamento no pequeno município, que recebe uma enxurrada de turistas nesta época do ano. As melhorias neste setor são visíveis nas diversas praias encontradas lá.

Este será um debate que permeará as atividades da Assembleia Legislativa este ano, por alguns fatores. Outras cidades se mobilizam para fazer a cobrança – Governador Celso Ramos e a capital Florianópolis, por exemplo -, a prefeita que implantou o sistema foi eleita deputada estadual, Paulinha (PDT) e o deputado estadual de Blumenau Ivan Naatz (PV) promete lutar para que a cobrança seja considerada ilegal.

2 Comentário

  1. Essa taxa é ilegal, não paguei e nem vou pagar. Está na constituição.
    Os turistas deixam divisas consideráveis nesses lugares.
    Para os moradores, que se alegrem, pois devido essa enxurrada de visitantes seus imóveis valorizaram a preço de ouro. Nem precisam gastar com campanhas para angariar impostos e supervalorizar a região.

  2. Isto é um roubo a céu aberto , valeria uma investigação do Ministério Público pára saber quem esta por trás deste pedágio . Cobrar para entrar na cidade e dizer que trata-se de taxa para preservação ambiental , conta outra .

Deixe uma resposta