Vacina contra a Covid-19 com 50% de eficácia ainda pode ser útil, diz cientista-chefe da OMS

Foto: reprodução

A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Soumya Swaminathan, afirmou nesta segunda-feira, 21, que uma vacina contra a Covid-19 com 50% de eficácia ainda será capaz de ajudar a conter a pandemia.

Apesar disso, Soumya alertou que “uma vacina com menos de 30% talvez não seja muito eficaz”. “Não alcançaremos o nível de imunidade pretendido”, explicou a cientista-chefe da OMS.

No caso da futura vacina contra o coronavírus não se aproximar dos 100% de eficácia, ela precisará ser usada pelos países de maneira estratégica.

“Então, teremos dois cenários: uma vacina a ser usada como prevenção e outra a ser usada em surtos”, disse Swaminathan.

“Precisamos ver [a solução] como um pacote de intervenções para que a pandemia seja controlada, incluindo o lado da prevenção, dos tratamentos e dos diagnósticos”, alertou a cientista-chefe.

Mais de 200 vacinas são testadas contra o coronavírus e, segundo a OMS, 9 dessas candidatas fazem parte do portfólio da aliança global Covax, que garantirá a compra e distribuição da vacina contra a Covid-19 aos países membros.

Fonte: G1

1 Comentário

  1. Vacinas FAKES! vírus é altamente mutante. Só interesse financeiro como do Doriachina!

Deixe uma resposta