Três Repórteres Fridas, muitas lembranças e saudades de uma Oktoberfest

Fotos: reprodução

Vai ser estranho este mês de outubro. Pela primeira vez em 37 anos, Blumenau não terá sua Oktoberfest, a festa que transforma a cidade, projetando-a nacionalmente e mundialmente, gerando trabalho e renda para muita gente. A alegria é dividida com a preservação das tradições, crianças, jovens, idosos, gente de todas as idades confraternizam junto.

Em 2020 a festa começaria nesta quarta-feira, mas a cidade já estaria no ritmo bem antes, com sua alegre decoração, seus carros estranhos e engraçados e muita gente vestido de Fritz e de Frida.

E através das Fridas, ou melhor, da Repórter Frida, que o Informe Blumenau fez uma cobertura muito diferente da festa nos últimos anos.

Primeiro com quem criou a Repórter Frida, Liliane Machado. Quando ela foi para Portugal, Babi Azevedo deu conta do recado na Oktoberfest 2018. E em 2019, uma rainha encarnou a personagem, Karoline Gehrke, que no ano anterior tão bem representou a realeza da festa.

Não tem Oktober neste ano, uma pena, a pandemia não deixou. Mas é uma marca de Blumenau e marcas não se apagam.

Até 2021.

PS: Se você quiser lembrar bons momentos da festa, vá na aba que tem na capa do site ou no mecanismo de busca do portal. Vai dar para matar saudade um pouquinho.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta