Semana Inclusiva SC inicia nesta terça-feira

Imagem: Alesc/Divulgação

Inicia nesta terça-feira, 21, a 7ª edição da Semana Inclusiva 2021 (SISC) – evento criado em Santa Catarina para oportunizar a inclusão de pessoas com deficiência e reabilitados do INSS no mercado de trabalho.

Pelo segundo ano consecutivo a SISC será totalmente online, com transmissão ao vivo para todo o estado, pelo YouTube do canal oficial da Semana Inclusiva e do Instituto Gentes , nos dias 21, 22 e 23 de setembro, das 14h30 às 16h30.

Já na abertura do evento, acontecerá o lançamento do “Dia D – Feirão de Emprego para pessoas com deficiência e reabilitados do INSS” para estimular a participação ativa de empregadores e empregados durante todo o evento. O evento é organizado pelo Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina (MPT) e pela Superintendência Regional do Trabalho, vinculada ao Ministério da Economia, em parceria com a Assembleia Legislativa, organizada pelo UNOPS – a Agência das Nações Unidas Especializada em Gestão de Projetos, Infraestrutura e Compras, em parceria com mais de 58 entidades governamentais e não governamentais do estado.

A programação inclui temas relacionados à Diversidade e Inclusão, Cuidado e Bem-Estar, Esporte e Lazer, Trabalho e Emprego, Novas Tecnologias e Novas Linguagens e Acessibilidade com foco principal na empregabilidade do público alvo. O pré-evento, denominado Sensibilização, ocorreu na quinta-feira (16.09), também de forma virtual, nos canais das demais atividades. A Sensibilização teve por objetivo orientar o empregador sobre a necessidade do cumprimento do art. 93 da lei 8.213/91 e de como é possível, por meio da Semana Inclusiva, encontrar mão de obra qualificada para as cotas.

Na Lei das Cotas se enquadram hoje 1.986 empresas catarinenses. São estabelecimentos com mais de 100 empregados devem destinar vagas para beneficiários reabilitados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e pessoas com deficiência. A reserva legal para firmas com até 200 empregados é de 2%; de 201 a 500 (3%); 501 a 1.000 (4%); mais de 1.001 (5%). A legislação vigente também prevê multa pelo descumprimento das cotas.

Segundo dados do CAGED, do total de 42.560 vagas que deveriam, obrigatoriamente, estar preenchidas por pessoas com deficiência e reabilitados do INSS em Santa Catarina, 23.285 estão ocupadas, outras 19.275 seguem abertas. Ou seja, o estado catarinense tem hoje 54,71 % das cotas preenchidas. Em 2014, um ano antes do Feirão de Empregos – o Dia D – que deu origem a Semana Inclusiva, era de 35,72% pelos dados da RAIS.

Programação

Dia 21

14h30 – Abertura
14h35 – Fala sobre os sonetos Cruz e Sousa com Robson Benta (Arte para Todos)
14h30 até 17h30 – Plantão para tirar dúvidas com OAB, MP SC, ACAMT, AFT
14h40 – Sonetos Cruz e Sousa: Mudez Perversa, Fogos Fátuos, e Pacto das Almas (Arte para Todos)
14h45 – Fala Institucional de Piero Rosa Menegazzi (Ministério Público do Trabalho), Luciana Carvalho (Superintendência Regional do Trabalho) e Claudia Valenzuela (UNOPS)
14h55 – Falas institucionais em promoção a inclusão da pessoa com deficiência por Rômulo Machado e Silva Subsecretário de Inspeção do Trabalho (Ministério do Trabalho e Previdência), José de Lima Ramos Pereira e Maria Aparecida Gugel (Procuradoria Geral do Trabalho) e Silvia Rucks (Coordenadora Residente das Nações Unidas no Brasil)
15h05 – Falas de serviço por Letícia Lopes Soares (INSS), Sheila Kurtz (FIESC), Magnus Klostermann (SINE) e Guilherme Braga (IncluiPCD)
15h15 – Case de Sucesso por Vedere
15h30 – Lançamento do Dia-D por Luciana Carvalho (Superintendência Regional do Trabalho)
15h35 – Conversa sobre inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho com Marinalva Cruz (Turma do Jiló) e Thaís Tavares Pompêo (Ímpar Inclusão)
16h05 – Lançamento do Empregômetro por Luciana Carvalho (Superintendência Regional do Trabalho)
16h10 – Perguntas e respostas
16h30 – Encerramento

Dia 22 – Seminários

14h30 – Abertura
14h35 – O instrumento caracterizador da deficiência à luz da Lei Brasileira de Inclusão com Lailah Vilela (Superintendência Regional do Trabalho) e Paulo Suldovski (Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência)
14h55 – Conselhos de Defesa de Direitos e Participação Social com Hugo Porto (Ministério Público do Estado do Ceará) e Piero Menegazzi (Ministério Público do Trabalho)
15h10 – Falas institucionais com o deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB), Anselmo Alves (OAB), Ana Roberta (Chefe PRT 12) e Ricardo Oliveira (Superintendência Regional do Trabalho)
15h20 – Mesa Redonda, Influenciar pessoas: comunicação e tecnologias a favor da inclusão com Viviane Bevilacqua (jornalista), Bruno Mahfuz (empreendedor), Bruno Mahfuz (empreendedor), Adriana Brascher (psicóloga), Chico Faganello (diretor) e Marcos Lima (jornalista e comunicação)
16h30 – Encerramento

Dia 23 – Bem estar

14h30 – Abertura
14h40 – Roda de Conversa: Novas linguagens e acessibilidade: CORPO, MENTE E CORAÇÃO NOS CAMINHOS DA INCLUSÃO. O esporte, o lazer, o artístico e o poético afetivo nos processos terapêuticos, de inclusão e socialização da pessoa com deficiência com Marcilene Ghisi (Acic), Rolênia Almeida (APESBLU), Celso Berto (músico e cantor), Naiara Mascarelo (Centro de Reabilitação Profissional de Capinzal SC) e meditação com Luiz Mesquita (Fundação Catarinense de Cultura)
15h15 – Roda de Conversa: Esporte, Lazer e sua linguagem nos processos terapêuticos, de inclusão e de socialização da pessoa com deficiência com Fernando Henrique Fioresi (Acic), Jucileni da Paixão Moraes Homem (AFLODEF), Andréia de Souza e meditação com Luiz Mesquita (Fundação Catarinense de Cultura)
15h50 – Roda de Conversa O artístico e o poético afetivo nos processos terapêuticos, de inclusão e socialização da pessoa com deficiência com Pâmela Andrade, Iraci Seefeldt, Maria Sirlei de Matos e meditação com Luiz Mesquita (Fundação Catarinense de Cultura)
16h30 – Encerramento com Piero Rosa Menegazzi (Ministério Público do Trabalho) e Luciana Carvalho (Superintendência Regional do Trabalho)

Fonte: Alesc

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta