Segundo OMS, há déficit gigantesco de recursos para combater o novo coronavírus

Foto: Reprodução/Reuters

Há uma distância enorme entre os recursos necessários para combater o coronavírus e o montante mobilizado para isso em todo o mundo, disse o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Gebreyesus, nesta segunda-feira.

Mas ele disse ver alguns sinais de esperança.

“Nunca é tarde demais para dar uma reviravolta na pandemia”, disse Tedros em entrevista coletiva diária. A mensagem é “suprimir, suprimir, suprimir”.

Mais de 19,92 milhões de pessoas já tiveram a infecção pelo coronavírus confirmada no mundo e 729.883 morreram, de acordo com contagem da Reuters.

Fonte: Reuters

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta