Rede Pública de Educação de Gaspar cria programa para autistas

Gaspar dá um passo importante para a inclusão na rede pública de educação.  Nesta segunda-feira, 18, iniciam os atendimentos do Integrar – Serviço Multiprofissional de para Transtorno do Espectro Autista.  É um novo serviço integrado para proporcionar uma assistência mais ampla para as crianças e adolescentes com este transtono. O serviço integrado vai permitir o acompanhamento e monitoramento de aproximadamente 115 crianças matriculadas na rede municipal de ensino, além da sala de aula.

O projeto quer proporcionar, além do ensino de sala de aula, inclusão social, atendimento individual de cada caso, atividades externas, interação, comunicação além de contribuir com a promoção da saúde, apoio psicossocial e reabilitação, conforme o projeto terapêutico individual. Além do apoio aos alunos, o projeto vai proporcionar o apoio integral às famílias. O atendimento será realizado por uma equipe multidisciplinar, com psicólogos, psicopedagogos e terapeuta ocupacional.

O secretário de Educação, Emerson Antunes, destaca que toda a estrutura foi pensada para propor mais acolhimento para essas crianças. “Com essa rede de apoio de múltiplos profissionais, os nossos alunos serão beneficiados com a atenção devida a suas particularidades, atrelando situações de aprendizagens significativas e personalizadas para desenvolver suas potencialidades, em um ambiente seguro, inclusivo e acolhedor”, explica.

A nova estrutura possui uma área total de 300m² e possui nove consultórios de psicologia, fonoaudiologia, psicopedagogos e terapia ocupacional. Além disso, possui duas salas de recreação uma para as crianças participantes do Projeto Integrar e outra para atendimentos do Sefoppe, banheiros, salas de reunião, sala de espera e salas administrativas.

Sefoppe:

O Sefoppe é um serviço especializado vinculado à Secretaria da Educação, que visa buscar novas possibilidades de intervenção com alunos que apresentam dificuldades que interferem no seu processo de aprendizagem, em conjunto com a família e com a rede educacional do município.

Atua, também, em parceria com outras secretarias e entidades da cidade. Atende ainda a demanda encaminhada pelas escolas municipais e estaduais, pelos CDIs e creches domiciliares, e também do Conselho Tutelar, abrigos e unidades do SUS.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta