PT catarinense ainda sonha em contar com Ana Paula Lima como deputada federal

Foto: ALESC

Por dois votos, o Partido dos Trabalhadores deixou de eleger seu segundo deputado federal, que seria a deputada estadual Ana Paula Lima, que fez 76,3 mil votos. Apesar da boa votação, superior a outros candidatos que entraram, Ana Paula ficou de fora na contabilidade das sobras, que garantiu a eleição de Ricardo Guidi (PSD).

O PT entrou com uma ação no Tribunal Regional Eleitoral para tentar validar a candidatura de Ivana Laís, que recebeu 495 votos. Ela teve a candidatura barrada por faltar uma certidão, mas seu nome apareceu na urna eletrônica.

O argumento dos advogados do PT é que a candidata não foi comunicada sobre a falta da certidão.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta