Prefeitura investiga suposto uso da base de dados da Praça do Cidadão para fins eleitorais

A denúncia chegou ao terceiro andar da Prefeitura na terça-feira (mesmo dia que para o Informe Blumenau) e já motivou uma reunião na quarta-feira, 28, por representantes da Progen, Secretaria de Administração, de Comunicação e Gabinete do Prefeito.

Dois servidores da Prefeitura, concursados e que estão de férias, dispararam e mails para usuários da Praça (mais especificamente da Nota fiscal online) pedindo votos para o candidato a vereador Jairo dos Santos (PSDB), ex-diretor da Praça.

denuncia-jairo-vale

O secretário de Comunicação, Marcelo Althoff, informou que procedimentos administrativos foram instaurados. Não tem como precisar ainda se os emails foram disparados de computador da Prefeitura, mas já sabe que não é o domínio oficial, o blumenau.sc.gov.br. Um dos remetentes é notafiscalbnu@gmail.com.

Uma das pessoas que procurou o Informe para fazer a denúncia, cobrou explicações de Jairo, que respondeu através do WhatsApp. Esta foi a resposta: “Não sou mais diretor da praça do cidadão e não tenho controle sobre a ação dos funcionários da Praça. Tomei conhecimento agora sobre o caso e vou entrar em contato para que isso não mais ocorra, pois não creio que venha ajudar na minha eleição. Desculpa qualquer transtorno.”

Pelo sim, pelo não, vale a leitura das mensagens postadas por quem pede voto para o ex-diretor. Sugerem que, caso ele não seja eleito, as conquistas relacionadas a nota online serão perdidas.

Vale a leitura.denuncia-jairo

2 Comentário

  1. Que estranho não saber de nada, sendo que os tais funcionários estão trabalhando na campanha dele. Onde foi montado o escritório da campanha e tem fotos deles juntos no Facebook. Só se já apagou tudo e mandou eles para casa depois dessa.

Deixe uma resposta