Prefeitura garante que não desistiu da Ponte no centro histórico

A informação vem do terceiro andar do Paço Municipal, mas não de algum secretário e nem do prefeito, mas é oficial. Confirma a negativa do BID para o projeto da ponte do centro no traçado pensado pela administração de Napoleão Bernardes (PSDB), mas garante que o Município não jogou a toalha. O que aconteceu é que o banco financiador fez um monte de apontamentos para os técnicos em março  e de acordo com quem me passou o documento, a Prefeitura está tentando se adequar.

Chama a atenção a quantidade de problemas apontados pelo BID, lembrando que foram dois anos para formalizar o projeto junto ao órgão. Como é possível ver no texto, o pessoal do banco devolveu o pedido pontuando 10 coisas. Vou resumir alguns pontos importante, mas eles estão na íntegra no documento.

  • O BID sempre entendeu que a estratégia da Prefeitura era apoiar o desenvolvimento sustentável para a região norte e pergunta: Esta obra não induz o crescimento da região do Garcia, uma região com muitos problemas geotécnicos ?  
  • Faltou apresentar um amplo projeto funcional….Faltou explicar  como mudará o fluxo com a construção da ponte.
  • Falta apresentar algumas plantas da ponte. Faltou também desenhos longitudinais, faltou os detalhes dos acessos, etc
  • A ponte terá pista simples? Mão dupla? Não haverá binário?
  • Não entendemos porque os projetistas adotaram inclinação unilateral das vias.
  • Faltou a apresentação de estudos de viabilidade econômica …calculando benefícios de custos da operação.
  • Faltou declaração de uma especialista ambiental.

Não mudei as palavras, apenas resumi algumas coisas. Dá uma olhada no documento e tire sua conclusão.

 

4 Comentário

  1. Considero importante ressaltar que o documento de março do BID, publicado agora no Informe Blumenau, pede mais informações e projetos complementares à Prefeitura de Blumenau, como o próprio texto do Informe trouxe. Logo, não houve “negativa” do órgão financiador para o novo local da ponte. Tanto é que a direção do BID esteve tratando do tema em agosto com a prefeitura. Já aquele outro documento que se propaga, publicado anteriormente, diz tão somente que a ponte que alguns poucos querem embargar não é – ainda – obra aprovada pelo banco. Até porque existem conversações neste sentido e apresentações de projetos e documentos em trâmite. Ou seja: a Prefeitura de Blumenau falou estritamente a verdade. O processo continua em andamento. Não há novidade neste novo documento “revelado”.

  2. Nossa, que baita projeto que a prefeitura fez, heim? (risos) Eu teria vergonha de publicar este documento. Nele está escancarada a total incompetência da prefeitura. E o dinheiro todo que foi gasto? É importante que dinheiro seja ressarcido para os cofres públicos. Dinheiro que foi gasto neste projeto horroroso, dinheiro gasto nas licenças, nas audiências públicas, enfim. Não se pode mais admitir irresponsabilidades deste tipo. Prefeito, assuma seu erro e a sua incompetência. Não brinque com o dinheiro público. Assuma o erro. Seu projeto é horrível. Não sou eu quem diz isto. É o BID.

  3. O que ficou entendido, os Rebeldes da Ponta Aguda entraram com 3 reclamações sobre o mesmo assunto no BID e o banco, de saco cheio, respondeu que não pode abrir o processo porque a ponte, objeto da reclamação, ainda não foi aprovada.

    Rebeldes da Ponta Aguda reclamando do BID:

    “Acontece que até a presente data, muito embora os solicitantes tenham apresentado estes documentos e informações acima expostos, até a presente data não obtiveram qualquer resposta do BID, relativamente aos fatos denunciados”

    (Nota: A concordância dessa frase é terrível, dói no ouvido)

    Resposta do BID jogando água fria nos Rebeldes:

    “A Administração considera importante indicar que a reclamação apresentada pelos Solicitantes
    tem um conteúdo semelhante a outras solicitações objeto de dois casos do MICI (MICI-BR-
    2013-068 e MICI-BR-2014-078).

    Ante o exposto, a Administração do Banco ressalta ao MICI que o Banco deu estrito cumprimento à sua Política sobre Acesso a Informação, não divulgando comunicações com informação deliberativa entre o Banco e a Prefeitura de Blumenau”

    Eu li a reclamação dos rebeldes e me parece que o BID apenas questiona a prefeitura sobre estes pontos. Depois de respondidos, segue a obra. Todo o projeto tem adequações. Não vejo como erro da prefeitura.

  4. Esta ponte já daria uma novela , pois a muitos anos se fala na mesma coisa e nada muda .Prefeito anterior, prefeito atual e pelo jeito o próximo prefeito estará falando desta obra que pelo tempo e dinheiro gasto , será maior que a ponte Rio Niterói .

Deixe uma resposta