Prefeitura de Blumenau confirma exoneração de comissionado e emite nota sobre prisão por tentativa de extorsão

A respeito da prisão de um servidor da Fundação Municipal do Meio Ambiente, nesta sexta-feira, 19, a Prefeitura de Blumenau vem a público esclarecer que, apesar de ter sido detido como suspeito pelo crime de corrupção ativa, trata-se de um ato infracional e criminoso, o qual o município repudia e não compactua.

Dessa forma, a Prefeitura explica que, apesar de ser considerado suspeito, devido à gravidade do fato, o servidor em questão foi imediatamente exonerado e um processo administrativo será instaurado para apurar as possíveis irregularidades.

Se confirmado o ato criminoso, o servidor pode ainda ser punido com a proibição de assumir novamente um cargo público pelos próximos 10 anos. Recentemente, a medida foi aplicada a outros dois servidores, que comprovadamente cometeram irregularidades no uso das funções públicas.

Por fim, a Prefeitura reforça sua postura de transparência e disposição em colaborar com todas as demandas necessárias ao esclarecimento dos fatos e a responsabilização dos culpados.

1 Comentário

  1. Existe um ditado antigo que diz : “Porco só se coça com porco ” , agora basta saber quem o indicou , assim saberemos com quem se coça .

Deixe uma resposta