Prefeito de Florianópolis é solto

O prefeito de Florianópolis prestou depoimento na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Florianópolis e foi liberado, ele que foi conduzido em prisão provisória. Bota provisória nisso, durou cerca de 12 horas.

Na verdade, ele nem ficou preso. Prestou depoimento, respondeu a cerca de 70 perguntas, segundo ele.

Gean Loureiro se considera injustiçado, foi o que falou em entrevista coletiva logo depois de deixar a sede da PF, no escritório do advogado. Disse que não tem denúncia e nem condenação contra ele.

Mesmo solto, Gean não pode assumir a Prefeitura, pois na sentença que o fez prestar depoimento, o juiz suspendeu seu mandato por 30 dias.

Antes de falar com os jornalistas, postou um vídeo em suas redes sociais, voltando a garantir sua inocência e a injustiça que teria acontecido contra ele. “Levantaram situações que não existem”. diz, que você pode ver aqui.

Além de Gean, outros seis detidos foram liberados.

Fico pensando se precisava.

 

1 Comentário

  1. Será que a nossa gloriosa Polícia Federal , aquela mesma que trancafiou o Lula Ladrão cometeu algum erro neste caso ? Pelas palavras do acusado sim .

    Será que os esquerdistas vão defender o Gean da mesma forma que defendem o Lula , o Dirceu , o Pallocci e os demais da quadrilha que estão presos ? Ou cadeia só serve para quem não é de esquerda ?

Deixe uma resposta