PMDB de Blumenau: candidatura própria, desde que com estrutura

Na primeira reunião de Ericsson Luef como presidente da Comissão Provisória do PMDB de Blumenau, duas decisões foram tomadas.

  1. O PMDB terá candidato a prefeito e ele será o médico Marcelo Lanzarin.

  2. É preciso que a Executiva Estadual garanta estrutura para campanha. Leia-se, recursos.

Esses foram os dois encaminhamentos tirados das conversas na sede do PMDB na noite desta quinta-feira, as primeiras oficiais comandadas pelo empresário.

Ericsson e natel

Ericsson disse que o sentimento majoritário é pela candidatura própria e lembrou a determinação nacional de ter candidato em cidades com transmissão de TV.

Queixou-se sobre a quase confirmação de Mário Hildebrandt (PSB) como vice de Napoleão Bernardes (PSDB). “Fecharam portas”, afirmou.

Como empresário, pensa de forma pragmática: ” tudo certo, o partido quer ter candidatura, mas quem bancará a conta?”

Esta pergunta Ericsson Luef fará na próxima segunda-feira, 29, para o deputado federal Mauro Mariani, presidente do estadual do PMDB.

Caso haja garantias, o partido será uma novidade na disputa e uma grande incógnita.

Caso venha, pode trazer junto o PTB, mais remotamente o Solidariedade e mais um ou outro.

 

2 Comentário

  1. Vão fazer como nos anos anteriores , se agarrar no candidato que tem mais chances para depois conseguir algumas secretarias ou autarquias pelo apoio político , sem interesse , tudo pelo povo .

Deixe uma resposta