Parecer preliminar aponta rejeição das contas eleitorais de Jean Kuhlmann

Foto: Leo Alegri

O parecer preliminar do Tribunal Regional Eleitoral sobre a prestação de contas do candidato Jean Kuhlmann ( PSD) foi pesado, contundente, indicando a rejeição das contas. É parecer, não decisão judicial. Mas é o conteúdo que baliza a decisão do juiz responsável.

A informação foi dada em primeira mão pelo Pedro Machado, do Santa, na última sexta-feira.

Foram feitos vários apontamentos, como descumprimento de prazos e datas que não conferiam, questões mais burocráticas.

Mas o apontamento mais forte diz respeito a declaração do então candidato de ter R$ 350 mil em dinheiro vivo, considerada prática “incomum” no parecer e portanto foi solicitada comprovação de propriedade e do “caminho” deste dinheiro até as mãos de Kuhlmann. A assessoria jurídica dele alega que os recursos estavam na declaração do imposto de renda do deputado estadual, o que não satisfez o analista, que escreveu “desconfiar da origem lícita e da posse destes valores”.

Outro apontamento diz respeito a uma suposta transferência de valores da conta de Jean Kuhlmann em quantias maiores a R$ 128 mil, número apresentado na prestação de contas.  O ex-candidato alegou que depositou parte daquele valor em espécie para posterior transferência eletrônica, mas segundo o analista, não apresentou o documento.

Os advogados de Jean Kuhlmann já apresentaram a defesa e você confere aqui.

Foto: Leo Alegri
Foto: Leo Alegri

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta