Palestrante Professor Gretz é finalista do Top of Mind que acontece na próxima sexta-feira

Foto: divulgação

Diante dos desafios enfrentados pelas empresas na pandemia, o Prof. Gretz, especialista em palestras motivacionais, explica como alcançar maior eficiência na gestão para obter os melhores resultados.

“Neste ano especialmente desafiador, os gestores estão vendo no dia a dia a importância do comprometimento e da motivação de suas equipes”, afirma o Prof. Gretz, destacando que o comprometimento de todos é essencial e depende basicamente da motivação. “Mas esta que é uma porta que se abre por dentro, e para abri-la existem algumas chaves que apresento nas palestras” – diz ele.

Pentacampeão do Prêmio Top of Mind de RH, considerado a maior premiação da área de gestão de pessoas, o Prof. Gretz é o palestrante mais requisitado para eventos empresariais, e mais uma vez está no ranking TOP-5. Os cinco nomes que participam desse ranking por serem os mais lembrados do Brasil em sua atividade são finalistas na festa do Top of Mind, que este ano será totalmente online e ao vivo, na próxima sexta-feira, 23 de outubro.

Nascido em Itapeva, interior de São Paulo, desde cedo trabalhou na roça e na feira, ajudando seus pais. Aos 20 anos, foi para a capital paulista, formou-se em História e em Administração de Empresas. Trabalhou em grandes empresas como diretor de Recursos Humanos e exerceu cargos de liderança na Volkswagen do Brasil, onde assessorou a diretoria em Programas Motivacionais para a Qualidade, até tornar-se palestrante. É autor de 14 livros, sendo um deles (“Voando como a Águia”) editado também em Portugal e na Itália, além de vários outros livros em coautoria.

Para o Prof. Gretz, o líder de hoje no ambiente profissional deve ser principalmente um facilitador, que estimula em seus liderados o talento de cada um, para que cada um dê o melhor de si. “Todo ser humano deseja realizar um trabalho significativo, ter participação e responsabilidade”, diz ele, lembrando que “ser produtivo não é um dever do homem, mas um direito. E a organização precisa conceder-lhe esta oportunidade, porque, no fim, todos ganham”.

Para mais informações acesse: gretz.com.br

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta