TV Informe. Os bastidores da visita do governador Pinho Moreira a Blumenau

Faltando menos de um ano e meio para a definição das candidaturas para a próxima eleição, muita gente já fala em nomes, em especial para o Governo do Estado. E os caciques dos partidos se movimentam, como num tabuleiro, onde uma peça mexida provoca uma reação do adversário.

A vinda do governador em exercício à Blumenau foi recheada de simbolismos. Em tese, veio para conhecer os problemas causados pela chuva de domingo em algumas regiões do bairro Velha. Mas aproveitou para anunciar, mesmo como interino, o compromisso do Governo para a reurbanização da Margem Esquerda, no valor de R$ 15 milhões, assunto para outra postagem.

Prossigo no simbolismo da política. Reforçou o grupo que está no comando do PMDB de Blumenau neste momento, com o empresário Ericsson Luef à frente. Aliás, o prefeito Napoleão Bernardes também encheu a bola de Ericsson, que pavimenta sua candidatura a deputado federal com o apoio de muitas lideranças, em especial do presidente do PMDB em Santa Catarina, deputado federal Mauro Mariani.

Pinho Moreira também elogiou bastante o prefeito de Blumenau: “sou teu fã”, disse a Napoleão. Entre brincadeiras sobre quem seria o prefeito em 2018, se o atual ou o vice Mário Hildebrandt (PSB), a conversa seguiu, lembrando que o nome do tucano tem sido ventilado com força para a eleição do ano que vem.

Por fim falou com exclusividade para o Informe Blumenau. Garantiu que o PMDB  terá candidato ao Governo, disse que o governador Raimundo Colombo(PSD) não lançou o nome do ex-presidente da Assembleia para o Governo e apostou que PMDB e PSDB estarão juntos em 2018.

 

5 Comentário

  1. Tanta trabalho a ser feito , a população com tantas necessidades e esta turma toda efetuando fotos como se nada estivesse acontecendo ….muitos eleitores merecem
    esta condição, votaram nas promessas , agora eles riem e nós choramos .
    Nosso dinheiro sendo utilizado para o vice governador vir a Blumenau tratar de assuntos políticos , mas oficialmente foi para verificar o desastre de domingo…alguém acredita ?

  2. Olá, caro Alexandre Gonçalves!

    Mui respeitosamente e já pedindo desculpas pela intromissão, digo-te que tens algum problema com o teu revisor de textos no que tange às crases.

    Se não, vejamos:

    “A vinda do governador em exercício à Blumenau…” – não há crase neste caso. Se escrevesses ” à cidade de Blumenau, aqui, sim, haveria crase.

    Outra: “…com o empresário Ericsson Luef a frente.” Neste caso há crase.

    O nosso português é muito rico, porém, alguns revisores… rsrsrsrs

    Grande abraço, meu guerreiro!

    Alcino Carrancho

  3. Mas vamos ao principal…

    De 1º de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2026, Blumenau terá morando na Casa D’Agronômica um filho seu.

    Por estes dias conversei com a Sra. Maria Célia, distinta progenitora do nosso Prefeito e lhe disse que, a partir de 1º de janeiro de 2027, se preparasse para fazer muitas viagens a Brasília ou, eventualmente, morar no Palácio do Planalto, de pleno direito.

    A mesma sorriu, mas fez carinha de quem não estava acreditando…

    Quer apostar, Sra. Célia?

    Um conselhão ao Napoleão Bernardes:

    Não andes em más companhias.

    Cuidado com os corruptos de plantão (atenção aos fumantes, rsrsrs…).

    Mas, o que realmente interessa, é que Blumenau siga em frente!

    Alcino Carrancho

  4. Caro Alcino,

    O Atual prefeito levou para Diretor de secretaria um ex vereador que responde ao ministério público na operação Tapete Negro e diversas outras pessoas sem
    qualificação para os cargos .

    A base aliada na legislatura passada barrou a CPI do transporte público a pedido do executivo .

    A base aliada atual aprovou a reforma no executivo com aumento de gastos para que fosse possível acomodar os apoiadores de campanha a pedido do executivo .

    ” Diga-me com quem andas que direi se te acompanho “

  5. Falas do Robinho, Serpa?

    Não entendi, também!

    Voltaremos a tratar deste assunto.

    Abraço.

    Alcino Carrancho

Deixe uma resposta