Operação do Gaeco cumpre mandados no gabinete do deputado estadual Milton Hobus

Foto: Secom ALESC

Agentes do GAECO, o Grupo Especial do Ministério Público, esteve nesta manhã na Assembleia Legislativa, mais especificamente no gabinete do deputado estadual Milton Hobus, presidente do PSD em SC.

Foram recolhidos documentos e aparelhos de telefone celular de dois assessores.

A investigação é sobre crime eleitoral que supostamente foram cometidos na eleição de 2018 e operações iguais aconteceram na Prefeitura de Rio do Sul e no Hospital Regional do Alto Vale do Itajaí. Ainda não mais informações sobre os crimes que teriam sido cometidos.

O deputado emitiu uma nota, confira.

O deputado Milton Hobus foi surpreendido na manhã de hoje com uma operação do Gaeco em seu gabinete na Assembleia Legislativa.  Até o presente momento o parlamentar não foi informado sobre os motivos da investigação, apenas de que trata-se de uma questão eleitoral.

Assim que tiver acesso aos autos, prestará todas as informações para que os fatos sejam completamente esclarecidos. Na certeza de que as investigações mostrarão a verdade, o deputado reafirma seu respeito às instituições e a sua permanente disposição de colaborar com as autoridades.

1 Comentário

  1. Quem não deve , não teme , mas na política este ditado nem sempre é verdade.

Deixe uma resposta