O “dono” do PSDB quer mudanças no partido

Adélio Bispo pode ter pena reduzida

Sobre o autor do atentado a Jair Bolsonaro:

O parecer do Ministério Público Federal em Juiz de Fora concluiu que o autor da facada em Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral, Adélio Bispo, é semi-imputável. Isso quer dizer que, para o MP, Adélio Bispo pode ser enquadrado criminalmente, mas com redução de pena, em razão de transtornos mentais apontados em laudos médicos.

Informações: TV Globo

PGR pede prisão de presidente da bancada evangélica

A Procuradoria-Geral da República pediu a prisão do recém-eleito presidente da bancada evangélica, Silas Câmara (PRB), por peculato.

O deputado é acusado de empregar funcionários fantasmas e pegar parte ou todo o salário.

Em nota, o deputado diz que as alegações não procedem.

Os 100 dias de Bolsonaro

Em 100 dias, o governo de Jair Bolsonaro cumpriu 1/5 das promessas feitas durante a campanha eleitoral. Dos 58 compromissos firmados no período e que podem claramente ser mensurados, 12 foram cumpridos em sua totalidade, de acordo com levantamento feito pelo G1. Outros quatro foram parcialmente atendidos, e 40 ainda não foram cumpridos. Dois compromissos não têm como ser avaliados no momento.

Na comparação com os ex-presidentes Dilma Rousseff e Michel Temer em 100 dias de governo, Bolsonaro cumpriu 12 das 58 promessas, Dilma, 5 das 55, e Temer, 3 das 20.

O projeto “As promessas dos políticos” começou em 2015, com a verificação das promessas da então recém-reeleita presidente Dilma Rousseff. Desde então, o G1 já avaliou promessas de governadores e prefeitos.

Fonte: G1

Réplica discurso de Adolf Hitler

O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub repete o discurso dos nazistas na Alemanha na década de 1930 e diz que “os comunistas” são donos dos bancos, das grandes empresas e da imprensa no país. Na Alemanha, em vez dos comunistas, o alvo de discurso similar ao de Weintraub eram os judeus.

Segundo Gerd Wenzel, comentarista da ESPN Brasil e colunista da Deutsche Welle, nascido na Alemanha, o discurso é “plágio dos anos 30 na Alemanha: é só trocar ‘comunistas’ por ‘judeus'”.

O que disse o novo ministro em palestra em 2018:

“…Os comunistas são o topo do país. Eles são o topo das organizações financeiras; eles são os donos dos jornais; eles são os donos das grandes empresas; eles são os donos dos monopólios…”

O que diziam os nazistas em 1930:

“…Os judeus são o topo do país. Eles são o topo das organizações financeiras; eles são os donos dos jornais; eles são os donos das grandes empresas; eles são os donos dos monopólios…”

Fonte: Brasil 247

O “dono” do PSDB quer mudanças no partido

O governador de São Paulo, João Dória, segundo o Estadão, quer mudar o nome do PSDB e uni-lo a outros partidos, em particular o DEM.

Um assessor do governador disse que o “novo PSDB abandonará de vez a centro-esquerda e será apenas de centro, com um forte programa liberal na economia.”

Fonte: O Antagonista

Resumo do Brasil: Adélio Bispo pode ter pena reduzida, PGR pede prisão de Silas Câmara, presidente da bancada evangélica, os 100 dias do governo Bolsonaro e o “dono” do PSDB que quer mudanças no partido.

2 Comentário

  1. O único transtorno mental de Adelio Bispo é ser esquerdista cego .

  2. Usar Brasil 247 como fonte é complicado, muita fake news e sensacionalismo por lá

Deixe uma resposta