O candidato a prefeito do candidato Alexandre Caminha

Foto: Câmara de Vereadores Blumenau

A história política do pré-candidato a vereador Alexandre Caminha confunde-se com o PSDB. Filho de um dos fundadores do partido, conquistou uma suplência de vereador e, com a vitória de Napoleão Bernardes, tornou-se um fiel escudeiro da administração tucana. Dirigiu até março o Procon.

Foto: Câmara de Vereadores Blumenau
Foto: Câmara de Vereadores Blumenau

Causou surpresa quando anunciou recentemente seu desembarque do PSDB, filiando-se ao desconhecido ao PROS, o Partido Republicano da Ordem Social. Chegou a ser chamado de traidor por Raimundo Mette, ex-presidente do PSDB de Blumenau.

Até aí tudo certo. Alexandre Caminha entendeu que o sonho de chegar a vereador era mais fácil em outro ninho, afinal o tucano tem muitos candidatos com densidade eleitoral.

O problema é que o PROS está alinhado com outros seis partidos que hoje são oposição ao projeto que ele defendeu nestes últimos três anos e meio. E tem um outro pré-candidato a prefeito, no caso Alexandre José (PRB).

Na semana que passou, Alexandre Caminha postou nas redes sociais uma foto com o agora colega pré-candidato a prefeito. Antes o ex-diretor do Procon usavas muito a internet para enaltecer a administração de Napoleão.

Agora está muito perto de virar oposição. Conversei com ele, que me disse estar focado na sua candidatura a vereador. Estima que o grupo pode emplacar até dois candidatos a vereador.

Com Alexandre José puxando ou mesmo como vice de outro candidato, que pode ser Jean Kuhlmann (PSD).

Assim segue a política.

 

1 Comentário

Deixe uma resposta