Natel sobre Napoleão: “inexperiente, não faz um governo bom, está arrolado na Lava Jato”

Ouvi a entrevista do reitor da FURB João Natel para meu amigo Paulo César, na Rádio Nereu, na última segunda-feira.

Ele tem uma lucidez acima da média e uma visão muito interessante e real do que acontece no país e na política. Pena que não soube ser “político” na sua primeira incursão na política, quando filiou-se ao PMDB e foi o presidente da Comissão Provisória de Blumenau.

Está muito próximo de uma nova tentativa, provavelmente no PDT, com foco em 2018. Dá para ver pela entrevista, onde foi bastante contundente, apesar de sua fala mansa.

Sobre Jair Bolsonaro, o reitor diz: “representa uma espécie de expectativa frustrada no país”, “…é a falência da democracia”, “…representa ideais que não queremos na sociedade”, “parece um político bastante desequilibrado”, “eu acho que Bolsonaro é a vanguarda de atraso”, foram algumas expressões usadas ao responder sobre o possível pré-candidato a presidente da República.

Sobre o prefeito Napoleão Bernardes (PSDB): “bastante inexperiente, não tem feito um governo bom, está arrolado nestas questões da Lava Jato também, não esqueça …”, responde Natel sobre as eleições de 2018 e as chances do prefeito de Blumenau.

E arrematou: “não é o fato de ser blumenauense que o faz ter uma candidatura” e “acredito que o prefeito cuidando bem da cidade responde bem aos eleitores que lhe deram dois mandatos.”

Sobre os planos para 2018: “tenho que definir meu caminho político, tenho muito a contribuir, acredito que possa estar participando da política”, citando que está conversando com alguns partidos, em especial um.

Não citou, mas é o PDT.

Vale a pena a entrevista, confira aqui. A parte da política é a partir dos 30 minutos. Antes fala da FURB, do financiamento das universidades e outros temas.

5 Comentário

  1. “bastante inexperiente, não tem feito um governo bom”. Por um momento pensei estar falando dele mesmo em relação a FURB

  2. Eu entendo mais de política do que o Natel, pois o meu nariz é maior do que o dele.

    Aqui do alto da minha sabedoria, Sr. João Natel, lhe dou um conselho: esqueça esses partidos antros de ladrões, pois serão dissolvidos/defenestrados nas urnas em 2018. Não faça titica novamente, como fez quando se filiou justamente ao pmdb. Depois não diga que não o AVISEI. Há um partido NOVO na praça, meu chapa! Vê se aprende… Ou outros, maninhuuuuu! Não consigo conceber a ideia que tiveste ao te filiares ao pmdb. Se fosses meu irmão, dar-te-ia 50 chibatadas em praça pública, Natão!

    Alcino Carrancho
    (Aquele Que Não Consegue Entender o João Natel)

  3. Aproveitando o ensejo, permito-me inquirir ao Magnífico Reitor João Natel Pollonio Machado, da nossa muito querida FURB, se a cadeira do Professor de Direito Napoleão Bernardes Neto está garantida. Segundo opinião de seus ex-alunos, trata-se de professor de grande prestígio e, como não se elegerá para mais nada devido a estar sendo investigado pela Polícia Federal por corrupção ativa, corrupção passiva e formação de quadrilha, quem sabe essa prestigiosa Universidade o pudesse acolher.

    Aguardando a sua pronta resposta, me subscrevo com a mais alta estima e consideração.

    Atenciosamente,
    Alcino Carrancho

Deixe uma resposta