Licitação de merenda na rede escolar de Blumenau é suspensa

Mais uma licitação com ponto de interrogação em Blumenau. Pelo sim, pelo não, para evitar problemas, a Prefeitura se antecipou de decidiu suspender a licitação para escolher a empresa responsável pela merenda nas escolas e centros de educação infantis na rede municipal. 

As propostas deveriam ter sido abertas na última sexta-feira, mas o Município se antecipou, pois o Tribunal de Contas do Estado estava investigando o processo. Segundo ofício enviado pela Secretaria de Educação para o setor de Compras, o motivo é uma reavaliação dos procedimentos referente a contratação dos serviços.

De acordo com Mauro Tessari, a medida foi tomada depois que algumas empresas participantes fizeram alguns questionamentos e houve o entendimento de que eles fossem esclarecidos, para não correr risco de o certame fosse impugnado. Ele disse desconhecer o processo no TCE.

Mauro quer resolver a situação ao longo desta semana, para retomar o processo, cuja o valor estimado para um ano é de R$ 30 milhões. A licitação substituirá dois contratos com a Risotolândia, que ganhou a licitação ainda na gestão do prefeito João Paulo Kleinübing (DEM)

Hoje são cerca de 34 mil alunos em 115 unidades escolares.

1 Comentário

  1. Licitação em Blumenau sempre acaba em problemas , falta competência , ou não …..

Deixe uma resposta