A insegurança do vereador Professor Gilson

Foto: Informe Blumenau

Professor Gilson (PSD) foi uma das grandes surpresas da última eleição para vereador em Blumenau. Eleito pela oposição a Napoleão Bernardes (PSDB), não estava na lista dos favoritos do partido de Jean Kuhlmann, João Paulo Kleinübing e Fábio Fiedler para entrar na Câmara Municipal.

Entrou. Mas não é político, pelo menos ainda não. Muito menos um quadro partidário.

É um educador que se transformou em vereador.

No debate sobre o projeto de reforma administrativa enviada pela Prefeitura de Blumenau para Câmara, era um dos incomodados com a “urgência” do Executivo.

Mas mesmo sendo oposição, votou sim no primeiro dos projetos, aquele com mudanças administrativas nas secretarias. Na hora de justificar o voto, disse que a intenção era se abster, como fizeram Ricardo Alba (PP) e Adriano Pereira (PT).

Em seguida teve o outro projeto, de mudanças administrativas nas autarquias e fundações. Como teria se enganado na primeira vez, o esperado era que no segundo voto fosse coerente com o que falou no discurso anterior.

Não foi o que aconteceu. Repetiu o voto junto com o governo.

Assim como a maioria dos vereadores, Professor Gilson não leu o projeto. Confira a confusa justifica de voto dele na sessão desta quinta-feira.

No discurso defendeu a abstenção, mas digitou o SIM na votação.

 

 

13 Comentário

  1. A maioria deles não lê, deixa para os assessores. Depois questionam essa ou aquela ação do governo que eles mesmo viabilizam.

  2. A palhaçada continua…..ops o circo continua…o palhaço sempre é o povo…Parabéns Ilustres Vereadores….

  3. Vocês que estão aí se achando os “reis da cocada preta” se antenem, é difícil um vereador com boas intenções mudar Blumenau inteira cheia de políticos ladrões e corruptos, procurem se informar melhor ou até conversar com o próprio vereador, pra quem não sabe o gabinete dele é aberto para a população, então parem de reclamar que a mudança maior parte do povo também e vocês não fazem nada além de reclamar!

  4. Vocês que estão aí se achando os “reis da cocada preta” se antenem, é difícil um vereador com boas intenções mudar Blumenau inteira cheia de políticos ladrões e corruptos, procurem se informar melhor ou até conversar com o próprio vereador, pra quem não sabe o gabinete dele é aberto para a população, então parem de reclamar que a mudança maior parte do povo também e vocês não fazem nada além de reclamar!!! Obrigada

  5. Lembrando que o gabinete dele é aberto e que se vocês não concordam ou acham a posição dele confusa é bem simples de se resolver, levante a bunda e vá até o gabinete dele.

  6. Ao invés de reclamar pesquisem melhor, a mudança parte do povo também mas é bem mais fácil julgar quem está tentando fazer a diferença! Ele é um vereador que tem boas intenções desde o começo mas sozinho não consegue mudar toda Blumenau em meio tantos políticos corruptos e gananciosos. Se alguém que está achando ruim quiser ir até o gabinete dele, fique sabendo que ele sempre deixou claro que seu gabinete é aberto para a população!

  7. Votar sem saber do que trata-se o projeto , votar por votar ….se a intenção era a abstenção , deixe o cargo de vereador , abstenção é um ato covarde contra a população .

    Votou sim porque ?

    Esclareça vereador ?

    Quando pensávamos que não podia piorar…nos enganamos , desistam da nova sede da câmara , podem voltar a ocupar o prédio da prefeitura, economizem nosso dinheiro , legislativo comandado pelo executivo ,
    o prefeito vai sorrir ainda mais . É uma vergonha para Blumenau ….

  8. E tem gente que defende…perguntem quantos cargos ganhou no executivo…politica no Brasil e bom por isto…quem nada sabe acha tudo maravilhoso..qualquer gabinete de vereador está aberto ao povo.. somos nós que pagamos o salário e as mordomias…abstencao é coisa de gente covarde.

  9. Infelizmente quando surgem novos quadros, como é o caso do vereador Gilson, o povo se enche de esperança, mas infelizmente muitos que dependem de $ do governo direta ou indiretamente, logo se encarregam de iniciar o processo de fritura…O vereador Gilson é experiente, já foi presidente de associação de moradores, servidor público em cargo de comando e é professor.
    A própria notícia tenta menosprezar o legado do Professor aí cita-lo como “educador que virou vereador” tentando desqualificá-lo, infelizmente se ele não comprar rifas, assinar notinhas em jornais e blog que não agregam em nada, passará 4 anos, tomando pauladas desses ébrios habituais.
    Felizmente quem diz quem é favorito ou não é o povo que votou muito bem, votando no prof Gilson.
    Sucesso vereador e não se rendas a notícias tendenciosas que não aceitam alguém que vem dos morros.

  10. O cara é inseguro mesmo sua fala está dissonante com seu voto. Ele é governo, mas está desconfortável. Quer ser oposição, mas não quer desagradar ao governo. Esse aí de cima ta querendo uma boquinha depois de defenestrado do governo.

Deixe uma resposta