Guto Reinert tem registro de candidatura impugnado pela Justiça Eleitoral de Blumenau

Guto Reinert, candidato a vereador pelo Podemos, teve o registro de candidatura rejeitado pela juíza Simone Faria Locks, da 88ª Zona Eleitoral. Ela acatou o parecer do Ministério Público Eleitoral, que analisou uma denúncia de Alcino Carrancho, também candidato a vereador, mas pelo PROS.

O argumento é que Guto, diretor de Operação do Samae, deveria ter se desincompatibilizado até 4 de abril, como os secretários municipais e não em 14 de agosto, como aconteceu com quem ocupava os demais cargos – comissionados ou efetivos – no serviço público. A diferença está no fato do Samae ser uma autarquia e não pertencer a administração direta.

A informação ganha relevância, pois Guto Reinert era um dos candidatos que eu e muitos apostam ter fôlego para chegada, o que não significa dizer que seria eleito, mas com uma perspectiva de ser bem votado.

Conversei com ele, se mostrou chateado e diz que não concorda com a posição da Justiça, que o equipara a secretário municipal. Disse que irá recorrer da decisão no TRE. Guto é servidor de carreira e foi nomeado diretor em 29 de maior de 2019.

O Informe Blumenau levantou esta possibilidade em postagem na noite deste domingo, relembre.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta