Governo interino de Daniela ganha apoio do bloco PL-PSL

Foto: divulgação

A foto é expressiva, tirada depois da reunião almoço dos deputados estaduais do PL e PSL, nesta terça-feira, 6. Dez parlamentares (cinco do PL e cinco do PSL)  decidiram por um apoio republicano, seja lá o que for isso, ao governo interino de Daniela Reinerh (Sem partido).

“Ficou definido que será um apoio republicano. Todos estão preocupados com o momento de crise política e sanitária que o Estado enfrenta e o objetivo é ajudar nessa transição, independente de quem esteja no governo ou de questões ideológicas, para que aconteçam avanços em prol da sociedade ”, afirmou o deputado Ivan Naatz , líder da bancada do PL e organizador do encontro.

O parlamentar acrescentou que, neste sentido, serão recepcionadas e avaliadas, conversas e propostas que vierem do governo Daniela no sentido de ajudar na construção das pautas que forem de interesse comum do governo e do Estado como um todo.

Além de Ivan Naatz, por parte do PL participaram ainda os deputados Mauricio Eskudlark, Sargento Lima, Nilso Berlanda e Marcius Machado. Da bancada do PSL, Jesse Lopes, Ricardo Alba e Ana Caroline Campagnolo.

Imagino que a governadora Daniela esteja “escaldada”, pois esperar apoio republicano dos seus ex-colegas de partido, Ana Campagnolo e Jessé Lopes, é no mínimo uma temeridade. Nas redes sociais, os dois parlamentares conhecidos por suas posições extremistas, já deram o recado a governadora, criticando-a publicamente  pelas nomeações de seu governo interino.

2 Comentário

  1. Só aqui que um governador é responsabilizado e a vice não, o certo era sc ter novas eleições não temos governo estadual, eles tiveram que baixar a guarda para a assembleia e agora são totalmente refém do legislativo pq ambos são dois despreparados para governar. Estamos vivendo uma pandemia os municípios ficam vendo troca do governo e em pastas importantes como na saúde.

  2. Políticos são todos iguais. Se podem tirar uma casquinha, aparecem.

Deixe uma resposta