Gaspar decreta situação de emergência e redução de despesas

Foto: Comunicação PMG

Apesar de não ter ainda nenhum caso confirmado de contaminação pelo Coronavírus, a Prefeitura de Gaspar decretou Situação de Emergência em documento que será publicado nesta sexta-feira, dia 20 de março. A medida visa aplicar ações de redução de despesas para que possam ser garantidos os recursos para os serviços de saúde e atendimento à população.

Como medidas para reduzir os impactos econômicos das ações adotadas pra a contenção do contágio pelo Coronavírus. O prefeito Kleber Wan-Dall determinou a redução em 20% nas despesas com manutenção das secretarias, fundações e autarquia. Os responsáveis pelas pastas devem apresentar relatórios com as sugestões de aplicação da redução de gastos.

Além disso, está determinado no documento o não pagamento de diárias, exceto as destinadas à saúde; a devolução de um determinado números de veículos locados, conforme possibilidade; e a revisão de contratos. O decreto ainda prevê a suspensão da cobrança de juros e multa pelos próximos 30 dias nas contas do Samae (água e lixo) e a proibição ao corte de ligações de água pelo mesmo período.

Uma das medidas de impacto foi anunciada já nessa quinta-feira, dia 19, foi o cancelamento da ExpoGaspar. A Administração Municipal prevê, com esta medida, a economia de cerca de R$ 400 mil que deverão ser revertidos para a saúde, na compra de materiais, contratação emergencial de profissionais da saúde, ou mesmo na Assistência Social, para auxiliar famílias em vulnerabilidade social mais impactadas pelas medidas de isolamento.

Situação em Gaspar

Gaspar está com seis casos suspeitos em investigação, aguardando os resultados dos exames. Os primeiros exames foram encaminhados na quarta-feira, dia 18, pela manhã ao Lacen, laboratório credenciado para realizar a análise. O prazo é de 48h a 72h para que os resultados sejam divulgados. Além disso, 32 pessoas que não se enquadram no protocolo da Organização Mundial de Saúde – OMS estão sendo monitorados em domicílio.

Fonte: Comunicação PMG

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta