Fiscalização interdita casa noturna em Blumenau

Foto: Defesa Civil Blumenau

Na noite desta quinta-feira, dia 8, a Place, casa noturna situada próxima à região central teve que ser interditada por descumprimento das restrições impostas pelo Decreto nº 1.218, do Governo do Estado.

Segundo a equipe de abordagem da Prefeitura de Blumenau, o estabelecimento não respeitou às regras de horário de funcionamento e comercialização de bebidas alcoólicas, além de o próprio local estar funcionando como casa noturna, atividade esta que segue proibida conforme o decreto.

As forças de segurança fizeram duas visitas ao local. Primeiro uma abordagem orientativa, que ocorreu no início da noite. Entretanto, após nova denúncia, verificou-se que o estabelecimento estava infringindo vários regramentos, principalmente no que se refere a aglomeração de pessoas e o não uso de máscaras.

O proprietário do estabelecimento recebeu um auto de interdição e tem agora um prazo de 15 dias para manifestar defesa. Entretanto, neste período, o local segue proibido de funcionar. Além da casa noturna, um campo de soccer, localizado no bairro Itoupava Central, também foi interditado na noite da última quinta-feira, dia 8, quando pessoas estavam fazendo o uso do espaço, não apenas para a prática de futebol, como também para confraternização entre os presentes, incluindo com consumo de bebida alcoólica.

Fiscalizações permanecem neste final de semana

As forças de segurança do município vão continuar fiscalizando as restrições impostas pelo Decreto nº 1.218, do Governo do Estado. As ações vão ocorrer no período noturno. O trabalho segue sendo coordenado pela Secretaria de Defesa Civil e envolve equipes da Vigilância Sanitária, da Guarda Municipal de Trânsito (GMT), da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros. Ao todo, mais 40 profissionais estão atuando nos bairros da cidade.

Denúncias

Durante a operação, a população também poderá registrar denúncias relacionadas a casos de aglomeração em estabelecimentos, por meio do telefone 199, da Defesa Civil e 190 da Policia Militar.

Fonte: PMB

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta