Férias coletiva e a gestão da Área Azul em Blumenau

Foto: Secom/PMB

Na edição dessa sexta-feira, 8, o Jornal de Santa Catarina trouxe uma reportagem destacando a troca de farpas entre os presidentes da CDL e do Sindilojas com o presidente do Seterb.  A reclamação de Hélio Roncaglio e Emílio Schramm foi sobre a postura da administração de Napoleão Bernardes (PSDB) no enfrentamento tardio da crise no transporte coletivo e as férias das agentes da área azul na semana, tudo na semana que antecedeu o Natal. O Informe Blumenau tratou deste assunto, ainda em dezembro.

Porém, o mais curioso está na resposta de Carlos Lange, presidente do Seterb, sobre  não ter serviço de área azul na semana de maior movimento nas ruas centrais de Blumenau.

“Com relação às monitoras da Área Azul que gozam de direito às férias coletivas. Acaso houvesse alguma manifestação prévia por parte do CDL/Sindilojas no sentido de manutenção dos serviços por mais cinco dias no mês de dezembro de 2015, a administração municipal teria acatado a solicitação.”

Ou seja,  o Município não teve competência para prever uma situação absolutamente previsível. O que esperar de um órgão de trânsito que não consegue perceber uma situação tão óbvia como essa?  É a mesma coisa que dizer que precisa de um pedido da direção do Parque Vila Germânica para organizar o trânsito no entorno por conta da Oktoberfest.

Não é a primeira vez que acontece, mas foi a primeira que as entidades ligadas ao comércio reclamaram, pelo menos recentemente.

Para piorar. As agentes da área azul estão trabalhando normalmente desde o dia 4 de janeiro, depois de duas semanas de férias. Ou seja, com um pouquinho de “penso”, as férias deste pessoal não poderiam ter sido previstas do dia 28/12 a 11/01 ?

Parece tão simples!

Será que quando o serviço foi privatizado, como quer a Prefeitura, farão férias no período de maior movimento e , consequentemente, de maior arrecadação?

Confira a reportagem do Santa aqui. 

Foto: Secom/PMB
Foto: Secom/PMB

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta