Federação Nacional e Sindicato dos Jornalistas de SC emitem nota sobre postura de Ronaldo Baumgarten

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Santa Catarina (SJSC) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) vêm a público repudiar as agressões verbais do candidato a vice-prefeito de Blumenau, Ronaldo Baumgarten, endereçadas ao jornalista Alexandre Gonçalves e também a veículos de comunicação da cidade na noite de 29 de novembro.

Questionado em entrevista ao Informe Blumenau e à Rádio Menina FM, sobre possíveis razões da derrota nas eleições à Prefeitura, Baumgarten agride os profissionais e veículos de imprensa da cidade: “a nossa campanha, ela foi trilhada pela transparência, pela lisura e não pela compra de nenhum repórter, né, e de nenhum meio de comunicação”, disse.

Em seguida, Baumgarten se recusou a responder ao questionamento, porque, na sua opinião, “Alexandre Gonçalves é um tremendo de um repórter vendido e o que ele quis sempre fazer foi atrapalhar o nosso grande trabalho” (áudio disponível aqui).

O SJSC e a FENAJ se solidarizam com o jornalista Alexandre Gonçalves e também com os demais profissionais de imprensa que atuaram nas eleições e que foram desrespeitados pela atitude difamatória de Ronaldo Baumgarten, candidato derrotado que, com suas afirmações, mostrou-se despreparado para a investidura ao cargo que pleiteava.

Acusações sem provas  constituem um atentado à liberdade de imprensa e uma tentativa de intimidar o trabalho dos profissionais de comunicação.

O jornalismo continua a ser uma peça indispensável à consolidação de uma sociedade democrática e a liberdade de imprensa é seu alicerce fundamental contra todas as formas de autoritarismo e de falta de convivência civilizada no debate dos interesses fundamentais da sociedade.

Blumenau, 30 de novembro de 2020.

Diretoria do SJSC

Diretoria da FENAJ

1 Comentário

  1. Será que os 72 % dos eleitores que votaram na outra chapa também são pessoas vendidas ?

    Penso que o repórter Alexandre Gonçalves permita ao Ronaldo responder aqui esta pergunta ,caso ele queira responder , obvio .

Deixe uma resposta