Ex-deputado João Pizzolatti se envolve em acidente grave

Foto: divulgação

O ex-deputado federal João Pizzolatti se envolveu em um grave acidente na tarde desta quarta-feira, dia 20, na rodovia Werner Duwe, que liga Blumenau a Pomerode.

A batida foi entre um Volvo XC60 que ele dirigia, e que bateu de frente com um Fiat Mobi. O motorista do Mobi, Paulo Marcelo Santos, de 23 anos, ficou preso nas ferragens e o veículo pegou fogo. As chamas foram combatidas por outros motoristas que estavam no local.

Paulo teve ferimentos graves e queimaduras pelo corpo. Ele foi encaminhado ao Hospital Santo Antônio, onde segue internado. Segundo o hospital, ele está fora de perigo mas terá que passar por uma cirurgia.

Pizzolatti teria sido agredido por pessoas que o culparam pelo acidente. Ele estaria visivelmente embriagado ao volante. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o ex-parlamentar extremamente desorientado e dizendo que assume toda a responsabilidade. Quando perguntado se estava bêbado, ele respondeu “to”. Confira:

O ex-deputado apresentava hematomas, foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Hospital Santa Isabel, mas saiu da unidade de saúde ainda na triagem e antes de ser atendido por um médico. Ele não foi levado para a delegacia.

Um terceiro veículo se envolveu no acidente, mas a condutora não se feriu.

Foto: divulgação

4 Comentário

  1. Era para estar “internado” em Curitiba para tratamento ético e não etílico.
    Pergunta aos nossos promotores, para esclarecer, o que ele fazia neste horário neste local e neste estado, uma vez que recebe por do estado +/-30mil por mês pra trabalhar. E a policia não acompanhou ele ao hospital? Policia boazinha.

  2. Não considerando o cargo ocupado na política , considerando somente o homem , pai de família .
    Que a lei seja devidamente aplicada , dirigir bebado , causar acidente com vitima é tentativa de homicídio. Só nos resta uma palavra para o ato deste cidadão : vergonha.

Deixe uma resposta