Ex-consultor da Glória é preso por fraude em licitações no Paraná

Foto: Alexandre Gonçalves/Informe Blumenau

Uma ação do Gaeco no Paraná trouxe a tona um nome conhecido dos bastidores do transporte coletivo de Blumenau há um bom tempo.

Seis pessoas foram detidas nesta quarta-feira, 29, numa operação do MP para desmontar uma suposta organização criminosa que atuou em fraudes a licitações do transporte coletivo em três cidades do Paraná.

Um dos detidos é Antônio Carlos Marchezetti, da Logitrans, empresa contratada pelas prefeituras para formatar as licitações.

Em dezembro do ano passado conheci Marchezetti, durante encontro com José Eustáquio Urzedo e Humberto Sackl, proprietários da empresa Nossa Senhora da Glória. Foi apresentado com consultor.

antonio marchezetti

Foto: Alexandre Gonçalves/Informe Blumenau
Foto: Alexandre Gonçalves/Informe Blumenau

Ele é o de camisa branca, ao lado do Eustáquio. Orbita em torno da Glória faz bastante tempo, sempre na função de consultor.

Segundo as suspeitas do Gaeco,  em três cidades ‘os modelos de contratos favoreceram dois grandes grupos do transporte coletivo público: Gulin e Constantino.

Pois é, Constantino  e esta operação estão na reportagem do G1.

Tem esta outra reportagem aqui.

 

 

1 Comentário

  1. Com a palavra o SETERB , a Prefeitura e todos os envolvidos na contratação da Piracicabana …

Deixe uma resposta