Evento “Oficina Hackers do Racismo” pretende desmontar atitudes racistas consideradas “normais”

Imagem: divulgação

Neste sábado, 7, das 14h às 18h, acontece de forma online, a “Oficina Hackers do Racismo”, projeto Preto-Humor que pretende olhar para as situações através de uma visão hacker, mapeando os padrões sociais e subjetivos racistas para assim quebrá-los e alterá-los.

O primeiro passo seria reconhecer que o racismo é estrutural na medida em que forja mentes e corpos entendendo este sistema de relações advindos de um passado colonial racista, muitas vezes tido como “normal”.

A oficina é ministrada por Natele Peter e Ruth Rodrigues, com a orientação de Drica Santos. O evento, online, será neste sábado, 7, das 14h às 18h. As vagas são limitadas. Se inscreva através do link: forms.gle/dLrR8mnTttjVSC1M6

A oficina Hackers do Racismo é um projeto selecionado pelo Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura Edição 2020, executado com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura.

Com informações do Preto-Humor

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta