Doria, Leite, Jereissati e Virgílio oficializam candidatura às prévias do PSDB

Fotos: reprodução

Os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o senador Tasso Jereissati (CE) e o ex-senador e ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio oficializaram nesta segunda-feira, 20, suas candidaturas às prévias do PSDB para a disputa presidencial de 2022. O partido deve escolher o candidato oficial para a presidência até 21 de novembro.

João Doria fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro e afirmou que o “antipetismo” será predominante na corrida eleitoral. Os ataques ao PT marcaram a campanha dele para a prefeitura de São Paulo em 2016 e para o governo paulista, em 2018.

“Vencemos o PT em 2016 e vencemos o PT em 2018. Fiz essas duas vitórias de maneira republicana. Nunca utilizei subterfúgios que pudessem ser condenados por órgãos públicos”, disse.

Nas redes sociais, a sigla afirmou que os candidatos percorrerão pelo Brasil para apresentar as propostas do PSDB, mantendo a democracia como princípio e o diálogo como “meta permanente”.

Para conseguir consolidar o apoio do partido no Distrito Federal, Doria vem a Brasília se reunir com o senador Izalci Lucas, presidente da sigla no DF. O evento contará com a presença de empresários, marqueteiros e membros da executiva nacional do PSDB.

Fonte: Congresso em Foco

2 Comentário

  1. Tasso Jereissati e Arthur Virgílio é dose 2 museus na política, chega dessa perpetuação de velhor e famílias na política. Chega de lula, bolsonaro, alckmim, serra, sarney, aecio …. essa turma tem se afastar da política são os grandes canceres do Brasil. Nunca da para botar a mão no fogo mas esse Eduardo Leite parece ser o mais “ponderado”. Acho que por ser jovem e ter um bom curriculo seria uma boa aposta para o Brasil.

  2. Com candidatos deste calibre , Bolsonaro ainda é bem melhor …

Deixe uma resposta