Deputado Ismael quer barrar lei que permite venda de bebidas alcoólicas em estádios de SC

‘Será a minha primeira ação em 2018″. Com estas palavras, o deputado Ismael dos Santos (PSD) refere-se a ação direta de inconstitucionalidade (ADIN) contra a lei aprovada na Assembleia Legislativa em dezembro, autorizando a venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol de Santa Catarina.

A proposta de autoria dos deputados Rodrigo Minotto (PDT) e Manoel Motta (PMDB) foi aprovada por 20 votos a 13 e já está em vigor nestas primeiras rodadas do campeonato catarinense.

Ismael dos Santos diz que tentará reverter a lei judicialmente com a ADIN, baseado no Estatuto do Torcedor, lei nacional que rege os jogos profissionais no país, além de posições contrárias do MP e da PM.

Não concordo com a posição do deputado, mas é preciso reconhecer o trabalho dele nesta área de dependência química. É um dos poucos políticos preocupados de fato com este grave problema social.

Mas entendemos que, se for nesta linha, nenhum evento poderia ter comercialização de bebidas alcoólicas. Até em festa de igreja tem uma cervejinha!

O que precisa é estimular o bom senso e intensificar a fiscalização e as leis para combater quem sai de linha.

O vereador Ailton de Souza, o Ito (PR), tentou emplacar projeto semelhante em Blumenau. Perdeu no voto de Minerva do presidente da Câmara, Marcos da Rosa (DEM), relembre aqui. 

1 Comentário

  1. Deputado insignificante para nossa região, esta na hora de aposentá-lo.

Deixe uma resposta