Deputado Alba será candidato a prefeito de Blumenau? Ele desconversa…

Foto: divulgação assessoria

O deputado estadual Ricardo Alba (PSL), mais votado na última eleição para Assembleia Legislativa, é um nome natural para a Prefeitura de Blumenau na eleição deste ano. Pela votação que teve e por ser próximo do governador Carlos Moisés (PSL), era dado como certo para ser o representante do Estado na disputa eleitoral na cidade, um dos pólos políticos mais importantes em Santa Catarina.

A pré-candidatura de Ricardo Alba ganhou evidência no ano passado, mas neste ano perdeu força, por alguns aspectos. A proximidade com o governador virou um problema, a divisão interna no PSL entre Bolsonaristas e menos Bolsonaristas e a repercussão negativa de muitas decisões do presidente Bolsonaro, em especial no que diz respeito ao combate a pandemia. A força do presidente ainda é grande em Blumenau, mas longe dos quase 80% que a eleição de 2018 apontou.

Conversei com o deputado Ricardo Alba, que na semana passada fez uma série de publicações nas redes sociais falando de suas ações como deputado para Blumenau. Perguntei como estava sua pré-candidatura.

“A imprensa que me lança candidato, nunca me lancei”, disse o deputado Alba em tom de brincadeira. Ele disse que sempre afirmou que o “PSL terá candidato”, mas nunca teria falado que ele seria o nome.

Confesso que, realmente, não lembro de ouvir da boca do deputado sobre sua eventual candidatura, mas também nunca negou. E várias movimentações políticas do próprio Alba sempre apontaram neste sentido.

O PSL pode até trazer uma novidade para a eleição em Blumenau, mas nunca trabalhou outro nome até agora. Uma opção seria o comandante do 10° BPM, Jefferson Schmidt, que anunciou que não deixará o comando do batalhão no dia 4, limite para que ele, como policial militar, se desincompatibilizasse. Outro nome seria Rui Godinho, presidente da Fesporte, suplente de deputado federal.

 

1 Comentário

  1. Quando apareceu, eu pensei que o Alba poderia ser uma grande promessa de uma nova geração de políticos. Mas, me decepcionei, rapidamente se integrou à velha política, abandonou o mandato de Vereador para o qual foi eleito, por puro oportunismo politico e se deu bem. Agora, obviamente que se posta como candidato a Prefeito e se isso ocorrer, mais uma vez abandonará o cargo para o qual foi eleito. Ou seja, mais um político barato que não cumpre o que promete. Faz demagogia com o povo, mostrando-se como o salvador da pátria, quando na verdade não faz mais que obrigação trabalhar pela cidade, pela qual se elegeu. Acha que o povo é idiota e não percebe o jogo que faz. Virou político profissional, jamais terá meu voto novamente.

Deixe uma resposta