Chapa de Décio Lima perde, mas ele deve ser reeleito presidente do PT em SC

Foto: Facebook pessoal

8137 petistas foram às urnas em Santa Catarina neste domingo para escolher os presidentes municipais e os delegados para o Congresso Estadual e Nacional, onde serão escolhidos os comandos da sigla nos Estado e no país.

A disputa estadual foi acirrada entre duas chapas: a 440, encabeçada pelo deputado estadual Dirceu Dresch, foi a vitoriosa, com 3.576 votos, contra 3.131 da chapa 480, liderada pelo ex-prefeito de Blumenau, Décio Lima, atual presidente estadual.

Apesar da desvantagem de mais de 400 votos, pessoas ligadas a Décio dizem que ele terá maioria no Congresso Estadual, que acontecerá em outubro, em Joinville. As três outras chapas que concorreram no domingo passado, cerca de 1140 votos, em tese apoiariam a reeleição do atual presidente. A estimativa é de uma vantagem de cerca de 60 votos, num universo de 400 eleitores aptos a votar.

Em Blumenau, apenas uma chapa concorreu, com a vitória de Erlédio Pering, veja aqui.

As disputas internas acirradas são uma marca do PT, que normalmente se une após o resultado.

 

 

 

3 Comentário

  1. Parabéns, Décio. Esse é o reconhecimento pelo trabalho sério na construção de uma oposição responsável no estado.

  2. Não ganhou mas mesmo assim vai ser reeleito. Vindo do PT não poderia ser diferente

  3. Até os petistas estão começando a enxergar , talvez ainda haja salvação .

Deixe uma resposta