Cerca de 90 imoveis estão na lista de desapropriações da Prefeitura de Blumenau

Foto: Michele Lamin/PMB

São casas, edificações e terrenos que terão que ser desapropriados para que a Prefeitura de Blumenau consiga finalizar as cinco obras do BID em andamento na cidade. Os dois terminais urbanos – Norte e Leste -, o binário da Rua Chile, a duplicação do trecho inicial da Rua Humberto de Campos e a readequação da Rua General Osório.

Nesta segunda-feira, 03, o Município deu um passo importante para obter os recursos necessários para essas desapropriações, recursos que não fazem parte do financiamento do BID. Foi assinado junto ao Caixa Econômica Federal uma operação de crédito através do Finisa, uma linha de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento.

São R$ 56.500.000,00, o maior valor contratado por uma Prefeitura junto à Caixa em Santa Catarina nesta modalidade.

O dinheiro, que será liberado a partir de novembro (por conta da legislação eleitoral), conforme as necessidades, chega em boa hora, pois as obras precisam estar prontas até agosto do ano que vem.

Também foram assinados o convênio para revitalização da Prainha, R$ 4.791.215,02, do Ministério do Turismo e dois convênios para a cultura:  R$ 225.109, 14 para reforma e adaptação de espaços da Fundação Cultural de Blumenau, Biblioteca Pública Municipal Fritz Müller e anexo ao pequeno Auditório Edith Gaertner e reforma e adaptação do prédio do Arquivo Histórico Professor José Ferreira da Silva, no valor de R$ 222.857,14.

1 Comentário

  1. Com 56 milhões no caixa , as despesas de campanha dos aliados passam a vencer em Novembro ?

Deixe uma resposta