Casa do Comércio de Blumenau passa a ser Casa da Escola Barão

Foto: CDL Blumenau

A tradicional Casa do Comércio, na esquina da Alameda Rio Branco, deixará de ser sede da CDL Blumenau e do SPC e será usada pela Escola Barão. O prédio pertence a Sociedade Evangélica de Senhoras de Blumenau e foi cedido em comodado por 10 anos, renováveis por mais dez, que encerram em agosto próximo.

Agora um novo ciclo começará para a CDL Blumenau, que após 12 anos tendo como sede a Casa do Comércio, na Alameda Rio Branco, se prepara agora para atender em novo endereço: no Shopping H, no coração da Rua XV de Novembro. No local, a entidade contará com um espaço no 4º andar e uma área para atendimento do SPC, no 2º andar do shopping.

Desde o mês de junho, o local passa por reformas e adequações para receber os associados, diretoria e colaboradores da entidade. No 4º andar, o espaço de 285 metros quadrados está se transformando em um ambiente integrado, despojado e moderno. O local abrigará os setores Comercial, Administrativo e Financeiro, Certificação Digital, Treinamentos, Diretoria e Comunicação e Marketing. O ambiente contará com recepção, auditório, sala de reuniões e um espaço para receber o associado, com bancada de trabalho estilo coworking.

O projeto foi desenvolvido pela arquiteta Carolina Schadrack, da Firma Arquitetura, especialista em arquitetura corporativa. “Criamos um espaço moderno, algo que combinasse com a nova geração e com o momento atual que estamos vivendo. O projeto traz um conceito inovador, com ambientes abertos, promovendo uma maior integração entre os colaboradores e com os associados. A proposta atende a um pedido da entidade, que é fazer do local uma segunda casa, como a CDL é vista por muitos”, comenta a arquiteta.

Para o presidente da CDL Blumenau, Helio Roncaglio, a mudança representa um novo ciclo na história da entidade. “Estamos na Casa do Comércio, um importante patrimônio histórico de Blumenau, há 12 anos. Ao longo deste período, tivemos a importante missão de preservar a história do local e da nossa cidade. Realizamos importantes ações e projetos, sempre buscando contribuir com o desenvolvimento e crescimento do município e de nossos associados. Agora, iniciaremos uma nova fase na história da CDL Blumenau. Neste novo espaço, propomos inovar e mudar não apenas a estrutura física, mas a maneira com que estamos habituados a trabalhar, porém, sem deixar de lado nossa base e essência, que é o associativismo. Seguiremos sempre trabalhando para fortalecer o nosso associado e contribuir com a nossa cidade como um todo”, afirma o presidente.

SPC CDL Blumenau

O atendimento do Serviço de Proteção ao Crédito – SPC da CDL Blumenau, irá funcionar no 2º andar do Shopping H, próximo ao guichê de pagamento do estacionamento. O espaço, de 47 metros quadrados, além de facilitar o acesso a consultas, oferecerá um ambiente com mais conforto e acolhedor para os consumidores e associados. O local contará com recepção, dois guichês de atendimento e espaço kids. O horário de atendimento será de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, sem fechar para o almoço.

Casa do Comércio

 Inaugurada em 1923, a obra original foi construída para a abrigar a Maternidade Johannastift, da Sociedade Evangélica de Senhoras de Blumenau, que permaneceu no local por 28 anos. Em 1951 a maternidade foi transferida para um novo local e, então, o prédio passa a abrigar o Hotel Alameda (Harry Züge). Já no ano de 1969, a esquina mais charmosa de Blumenau passa a ser sede do restaurante Zum Weissem Röessel, mais conhecido como Cavalinho Branco e, em 1970, o primeiro andar do prédio passa a abrigar a empresa de Turismo Holzmann.

Nos anos de 1983 e 1984 as grandes enchentes atingiram Blumenau e, com isso, o prédio ficou sem condições de habitação, permanecendo fechado por muitos anos. Foi só em 1998 que o imóvel começou a receber as obras de restauração. Isso porque em 1996 um grande incêndio atingiu o Edifício Catarinense, sede da CDL e Sindilojas. Assim, as entidades, que procuravam um novo local para se instalar, resolvem recuperar a “Johannastift”.

A obra de restauração durou nove anos e foi viabilizada por meio de patrocínios na forma de doações e projetos de incentivos fiscais e culturais dos Governos Federal e Estadual. Em junho de 2007, a então Casa do Comércio é inaugurada e torna-se a nova sede das entidades do comércio de Blumenau. O comodato de uso do imóvel, firmado entre as partes – entidades e Sociedade Evangélica de Senhoras de Blumenau – teve o prazo inicial de 10 anos, prorrogados por mais 10, encerrando em julho de 2019.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta