Candidatos ao Governo de SC prometem não aumentar impostos

Foto: divulgação

Os três candidatos ao Governo mais bem colocados nas pesquisas de opinião – Mauro Mariani (MDB), Décio Lima (PT) e Gelson Merisio (PSD) – participaram de um encontro promovido pela Fecomércio nesta terça-feira, em Florianópolis.

Eles receberam um documento chamado de Carta do Comércio, que aponta os principais desafios do novo governante na opinião da entidade. Infraestrutura e o sistema tributário lideram o diagnóstico.

Os três candidatos se comprometeram a não aumentar impostos, mas com uma diferença. Décio Lima prometeu acabar com o que considera “generosidades” fiscais.

“Não haverá aumento de impostos na minha gestão, inclusive precisamos de processos que possam reduzir os tributos para atrair investimentos. Os benefícios e isenções devem ser concedidos desde que sejam para empresas que vão gerar emprego e renda”, disse o petista.

Já Mauro Mariani afirmou:   “O aumento de impostos inibe a atividade econômica. Precisamos de simplificação da carga tributária para facilitar a vida do cidadão. Parece que existe um pelotão de sabotagem quando o catarinense quer empreender, tamanha a burocracia e quantidade de impostos e taxas”.

E Gelson Merisio também foi na mesma toada.  “Quem paga imposto no Estado é o consumidor. O empresário é apenas o operador da massa tributária. O recurso não pode vir do aumento da carga tributária, mas com a melhora na competitividade das empresas, que faz a receita do Estado crescer”.

Para acompanhar o exteno estudo da Fecomércio, transformado em Carta do Comércio aos candidatos, acesse aqui.

1 Comentário

  1. Vou acreditar também que o trenó do Papai Noel vai atropelar o colelhinho da Páscoa na
    semana de carnaval .

Deixe uma resposta